5 impactos que as mídias sociais geram para sua empresa

5 impactos que as mídias sociais geram para sua empresa

As mídias sociais estão em evidência e não é à toa que são sempre consideradas como ferramentas fundamentais para estratégias de marketing digital. Afinal de contas, elas concentram diversos benefícios, são facilmente moldadas para as suas estratégias e podem impactar o seu negócio de diversas formas.

E é sobre as principais delas que gostaríamos de explorar ao longo deste post. Continue conosco, e fique por dentro de 7 impactos que as mídias sociais geram para sua empresa!

A importância das mídias sociais para as empresas

Recente estudo aponta que 62% dos brasileiros já são considerados ativos nas redes sociais. Isso, por si só, já deveria motivar a sua empresa a utilizar esses canais de comunicação, divulgação e vendas.

Só que a importância das mídias sociais se estende à versatilidade de suas aplicações. Por meio delas, você consegue aproximar-se do seu público-alvo, entende melhor o perfil e a demanda desse consumidor em potencial e, ainda, coloca-se ao alcance dos usuários que pesquisa, engajam e interagem com as suas marcas favoritas na internet.

Como resultado, você adquire mais resultados positivos para o seu negócio — como veremos adiante!

[e-book] Marketing Digital para Pequenas e Médias Empresas | Baixe gratuitamente | Agência LABRA

Os 7 impactos que as mídias sociais geram para sua empresa

A seguir, você vai descobrir como as mídias sociais auxiliam o crescimento da sua empresa no universo on-line!

1. Cria um reconhecimento maior e mais alcance de marca

A internet é um poço de possibilidades e tem uma série de atrativos para aumentar a exposição de sua marca. Quando uma estratégia é implementada com eficiência, bem alinhada ao perfil de sua audiência, isso se converte em uma publicidade gratuita.

Isso porque os conteúdos das mídias sociais são interativos. As pessoas discutem, curtem e compartilham suas postagens, o que cria uma vitrine virtual para o seu negócio, colocando-o mais próximo de outros clientes em potencial que sequer ouviram falar de sua empresa ainda.

Isso tudo — vale mencionar — constrói algo fundamental para o desenvolvimento de sua marca: quanto mais as pessoas se interessarem e engajarem com os conteúdos publicados, mais elas passarão a reconhecer a sua empresa como autoridade no assunto em questão.

2. Gera vantagem competitiva

Saber como usar as mídias sociais faz com que você crie vantagem competitiva contra a concorrência. Especialmente, quando sua estratégia está muito bem fundamentada às demandas do público-alvo e o funil de vendas.

Com isso, você passa a bolar conteúdos que têm tudo a ver com o seu consumidor, independentemente do estágio em que eles estiverem em suas respectivas jornadas de compra. Com as mídias sociais você se torna mais relevante para o público.

3. Atrai clientes qualificados

O investimento em mídias sociais tende a ser baixo, quando comparado com outros métodos convencionais de marketing, mas isso não é tudo. Essas ferramentas tão utilizadas no marketing industrial também ajudam a posicionar suas campanhas para impactarem diretamente quem pode demonstrar interesse em seus serviços ou produtos.

Vamos comparar com um anúncio na TV, por exemplo: milhões de pessoas vão assistir ao comercial, mas poucas dessas pessoas vão, de fato, ser impactadas pela campanha. Nas mídias sociais ocorre justamente o contrário: poucas pessoas são impactadas, mas a maior parte delas tem real interesse e potencial para se tornar um cliente de sua empresa.

4. Melhora o relacionamento com o público

As mídias sociais também são excelentes ferramentas de comunicação, servindo para dialogar e estreitar o relacionamento com o público. Por meio delas você esclarece dúvidas, recebe elogios, lida com as solicitações do consumidor e cria um atendimento personalizado.

Como resultado, isso fortalece a imagem de sua empresa na internet e faz com que o consumidor perceba valor em seguir a sua marca nas mídias sociais que você concentra suas atuações.

5. O impacto é baixo no orçamento

Falamos por cima, em tópicos anteriores, mas vale o reforço: investir em uma boa estratégia com mídias sociais custa pouco e os resultados são promissores.

Não à toa, as estratégias de marketing digital funcionam não apenas para as grandes empresas, mas para companhias de todos os segmentos e portes. Tudo se pauta pelo alinhamento de suas ações com a demanda do seu público. Por isso, uma boa dose de planejamento é recomendada antes de iniciar as suas campanhas com as mídias sociais.

6. Cada plataforma possui um diferencial

Quando usamos o Instagram, por exemplo, sabemos claramente que o apelo das postagens vai ser visual, assim como o LinkedIn se tornou um dos canais mais completos para o aprimoramento de relações profissionais e o blog da sua empresa é um ponto de encontro para a informação e o conhecimento da sua audiência.

Portanto, é fundamental a identificação de quais mídias sociais se encaixam melhor às suas necessidades e objetivos, bem como aos seus produtos e serviços. Assim, o impacto é maior no alcance e na interação com os usuários — sem falar nas ações integradas, que valorizam o que cada rede social tem de melhor.

7. Auxilia nas taxas de conversão

Por fim, é importante observar que as taxas de conversão podem ser qualificadas por meio de um conteúdo focado nas abordagens humanizadas de sua marca.

Por exemplo: um vídeo institucional postado no Facebook aproxima a sua marca do consumidor de maneira orgânica, sem falar na facilidade de engajamento, permitindo que o seu público-alvo engaje constantemente com o que você tem a dizer.

Dicas para conduzir uma estratégia de mídias sociais

Para começar um trabalho estratégico, reunimos algumas dicas rápidas para você implementar, de imediato, suas ações com mídias sociais. São elas:

  • Encontre as redes sociais que o seu público-alvo mais está concentrado;
  • Identifique os assuntos do interesse desse consumidor;
  • Componha um calendário editorial, definindo a periodicidade de postagens, bem como os conteúdos relevantes para despertar o interesse do usuário com base nos seus objetivos;
  • Foque em uma rotina bem elaborada para produzir conteúdo e, também, para responder e interagir com os usuários;
  • Caso use as mídias sociais como um canal de atendimento, busque agilidade e, principalmente, um tom de voz padronizado para que gere familiaridade e identificação com os usuários.

Agora, para reforçar tudo aquilo que vimos ao longo deste post, que tal conferir também o nosso infográfico que ajuda você a entender a vida útil de um post nas mídias sociais? É só baixá-lo, gratuitamente!

[infográfico] Quanto tempo dura a vida útil de um post nas mídias sociais? Baixe gratuitamente | Agência LABRA

Possuir só likes nas mídias sociais traz resultados para sua empresa?

Possuir só likes nas mídias sociais traz resultados para sua empresa?

Na busca por resultados, não podemos nos deixar distrair com questões irrelevantes para o sucesso de suas ações de marketing digital. Neste caso, estamos falando especificamente das métricas de vaidade das mídias sociais, que são erroneamente perseguidas pelas empresas.

Por exemplo: mais de mil curtidas em uma postagem no Facebook fica muito legal — no case da empresa. Para mensurar o impacto daquela postagem existem métricas mais relevantes.

E é isso que veremos, ao longo deste post, aprendendo a diferenciar dados de impacto e as métricas de vaidade — e a saber quais informações usar para obter melhores resultados nas suas campanhas em mídias sociais. Confira!

O que são as métricas de vaidade?

Cada uma das mídias sociais mais usadas possui uma ou mais métricas de vaidade no seu DNA. São aqueles dados que são lindos de observar, mas que não geram insights nenhum para a sua estratégia.

Um exemplo disso: digamos que um post do Facebook tenha viralizado e que, em dois dias, rendeu 5 mil curtidas e 500 comentários, mas nenhum  novo cliente  em decorrência disso.

Os números podem enganar, portanto, porque você não consegue usá-los para orientar a sua audiência através da sua jornada de compra apenas com esse engajamento inicial.

Quer saber quais são as métricas de vaidade mais populares das mídias sociais? Aí vão algumas delas:

  • Twitter: número de seguidores;
  • Facebook: as curtidas em uma postagem e o número de fãs da sua página;
  • Instagram: atenção ao número de seguidores e o engajamento deles nas suas postagens;
  • YouTube: número de inscritos no canal da empresa;
  • aplicativo: o número de downloads, sem considerar o número de pessoas que permanecem usando-o após baixá-lo.

Não é só com as mídias sociais que você deve tomar cuidado com as métricas de vaidade. Afinal de contas, o site está recheado delas. O número de visitas é um dos principais.

Esse dado traz a falsa sensação de que o seu site é popular e recebe um intenso tráfego. Só que essas visitas evoluem para algo? O mesmo usuário volta a visitar as suas páginas, ele passa um tempo dentro do site institucional, ele consome os seus conteúdos?

As métricas de vaidade desempenham algum papel?

É nesse ponto que gostaríamos de chegar: sim, elas são importantes, mas não são funcionais para a verificação de resultados nas suas estratégias de marketing digital.

Pois, como vimos, elas são informações planas, superficiais. Por meio delas você pode entender que está no caminho certo da sua estratégia — digamos, o número de curtidas em uma postagem do Facebook — para gerar conteúdos relevantes. Só que sua empresa precisa de mais dados que isso.

Por isso, a seguir vamos apontar quais são as outras métricas que devem ser monitoradas para compreender, efetivamente se as métricas de vaidade são apenas cosméticas em sua estratégia, ou o início de uma campanha realmente eficaz!

Quais métricas observar no marketing digital?

Sem a vaidade corporativa contaminar a análise estratégica de resultados das suas campanhas, permita-se a avaliação de outros dados de suma importância para o seu negócio. Abaixo, reunimos os principais deles:

Taxa de conversão de campanhas

Não adianta analisar todos os dados gerados se você não sabe, ainda, qual é o objetivo da sua campanha. Caso a meta seja aumentar o número de vendas, então é importante considerar a taxa de conversão das suas mídias sociais.

No marketing, não estamos falando, efetivamente, de vendas, mas da criação de oportunidades. Ou seja: orientar a sua persona ao longo das etapas do seu funil de vendas para que a sua equipe colete mais informações para abordar os consumidores em potencial.

Conversões através do funil de vendas

Aí está o que falávamos no tópico anterior. Por meio das landing pages, você entende quais conteúdos estão contribuindo para o afunilamento dos usuários, que compartilham seus dados e passam a converter-se em oportunidades — e não apenas nas métricas de vaidade.

Sem falar que essa métrica permite que você avalie, exatamente, em qual etapa do funil de marketing cada lead gerado se encontra. Algo que facilita a elaboração de novos conteúdos para ajudar na transição e conversão desse lead em um cliente.

CAC

Abreviatura para o Custo de Aquisição por Cliente, essa está longe de ser uma das métricas de vaidade porque ela aponta o quanto custa um cliente para a sua marca.

Para tanto, é fundamental compreender o retorno de suas estratégias para avaliar se o custo geral está elevado demais. Vale lembrar que o marketing digital é uma estratégia acessível, e se o retorno está sendo considerado baixo demais, é hora de reavaliar algumas ações.

Número de visitantes

Aqui, estamos falando a respeito de novas visitas, enquanto os usuários habituais deixam de ser computados. Por exemplo: uma mesma pessoa pode visitar o seu blog 20 vezes — ai, é uma métrica de vaidade.

O interessante, aqui, é a checagem de quantas novas visitas foram geradas. Isso permite avaliar a relevância dos conteúdos e a renovação de pessoas que podem se converter em clientes ao longo do tempo.

Como evitar as métricas de vaidade?

Agora que vimos quais são as métricas de vaidade nas mídias sociais e quais dados fazem a diferença nas suas estratégias, vamos entender como evitá-las em suas campanhas?

As dicas a seguir vão ajudar você a não cair nas armadilhas de olhá-las com mais carinho do que as métricas que pouco aparecem, sob os holofotes, mas são mais importantes:

  • tenha uma estratégia bem definida, para saber quais metas analisar com afinco;
  • integre as equipes de marketing e de vendas, para que todos compreendam os dados a serem analisados;
  • oriente suas equipes a executarem ações que culminem no cumprimento das metas — ou seja: menos foco em obter mais curtidas em uma postagem, por exemplo;
  • sempre avalie as métricas, como um todo, para o cruzamento de informações que podem gerar insights.

Com o uso estratégico das mídias sociais, sua empresa pode gerar mais presença digital, atrair novos clientes e consolidar-se como referência no seu ramo de atuação.

No entanto, isso só é efetivamente conquistado quando sabemos para qual direção mantivermos a nossa atenção. E é por isso que, para complementarmos tudo o que vimos aqui, gostaríamos de convidar você a ler também o nosso post completíssimo sobre as métricas de vaidade!

Saiba como vender mais através das mídias sociais e não ter apenas seguidores

Saiba como vender mais através das mídias sociais e não ter apenas seguidores

Muitas empresas procuram fazer com que seu site fique no topo das buscas do Google, mas isso não é o suficiente para gerar uma presença digital consolidada. Manter a marca ativa nas mídias sociais é igualmente importante, com um poderoso complemento: elas ajudam você, que vinha se perguntando como vender mais, sabia?

E não estamos falando apenas do número de curtidas ou seguidores no Instagram ou Facebook. Esses canais de comunicação e de relacionamento também são ótimas ferramentas de vendas.

Para mostrar que não é loucura e que você deveria diversificar suas estratégias de conteúdo digitais, fizemos este post. Confira, e acompanhe conosco com vender mais por meio de suas mídias sociais!

Os dados que não se convertem em vendas

É chato dizer, mas muitas métricas nas mídias sociais são mais conhecidas como “métricas da vaidade”. Quer dizer: ficam lindas, na página, mas não passam de deslumbres estéticos.

Como resultados diretos para vender mais, elas são muito pouco eficientes. É só perceber o quanto isso é verdade quando:

  • Muito tempo em marketing, com um retorno financeiro baixo ou inexistente é sinônimo de prejuízo;
  • Temos números elevados que não se convertem em oportunidades de negócio, — como a quantidade de curtidas em uma postagem;
  • Os canais de comunicação das mídias sociais estão estagnados, sem propostas;
  • As postagens não geram engajamento.

Se você se identifica com uma ou mais das condições acima, achamos que está na hora de aprender como vender mais a partir de suas mídias sociais. Assim, o investimento bem direcionado, você aumenta sua presença digital, fortalece o relacionamento com consumidor e explora ainda mais os diferenciais do seu negócio.

Como vender mais investindo em marketing de conteúdo

As principais mídias sociais podem ser usadas para vender mais, como:

  • Facebook;
  • Instagram;
  • LinkedIn;
  • Pinterest;
  • Google Meu Negócio.

Entre tantas outras, há como usá-las de maneira informativa, educativa, de entretenimento e, ainda assim, lucrar a partir do seu uso estratégico. E, para isso, um bom planejamento de marketing de conteúdo é fundamental no processo.

Saiba como vender mais através das mídias sociais e não ter apenas seguidores

Hoje em dia é difícil falar em negócios digitais sem, antes, bolar uma ação de conteúdo sem que seja focada na demanda gerada pelo seu público-alvo. Em complemento com os anúncios — que falaremos a respeito adiante — mas as próprias mídias sociais, você se mantém relevante para o público e aprende como vender mais.

Isso porque as estratégias de conteúdo são duráveis, ficam na internet “para sempre” e, podem ajudar na orientação do seu público-alvo enquanto houver procura pelos seus resultados.

Atualmente, o conteúdo é a essência de qualquer empresa. E isso independe do seu porte ou ramo de atuação. Comece com o blog e estenda as ideias nas mídias sociais, produzindo conteúdos relevantes, que resolvam os problemas do seu público-alvo e, com o tempo, nutra um relacionamento de qualidade.

Invista em anúncios

Os anúncios são também fundamentais para entender como vender mais com as mídias sociais. Afinal de contas, o alto poder de segmentação deles faz com que você dialogue diretamente com pessoas que tenham verdadeiras chances de se tornarem clientes.

Ou seja: em vez de alcançar milhões de pessoas, para falar com poucas milhares, você vai atingir diretamente a sua audiência. O número pode ser menor, mas é mais qualificado.

Para tanto, volta aqui uma palavrinha valiosa para qualquer empreendedor focando suas atenções em estratégias de marketing 4.0: planejamento. Assim, você pode entender melhor o quanto investir, como impactar o seu público e, as maneiras para criar anúncios relevantes!

Invista em prova social

Por fim, a prova social é tudo aquilo que você diz, em seu blog ou nas mídias sociais, mas com evidências. E não há ninguém melhor do que o seu próprio consumidor para atestar isso tudo.

E como isso funciona? Por meio de:

  • Avaliações no Facebook;
  • Depoimentos em seu site;
  • Vídeos de clientes reais comprovando a eficácia dos seus produtos ou serviços.

Entre outras maneiras de mostrar aos clientes em potencial que os seus argumentos de venda têm fundamento — e, todos eles estão embasados por quem já provou e aprovou o que você tem a oferecer para resolver a demanda do seu público.

Saiba como vender mais através das mídias sociais e não ter apenas seguidores

Mas também, para isso, não adianta pedir aos clientes que avaliem o seu negócio a troco de nada. Aí vão algumas dicas para estimular as avaliações e depoimentos:

  • Diferencie-se, primeiramente, pela qualidade dos seus serviços ou produtos;
  • Crie uma experiência de compra memorável;
  • Trabalhe continuamente o pós-venda;
  • Clientes que dão abertura para esse tipo de pedido, não hesite em solicitar que ele participe;
  • As pesquisas de satisfação e envios de e-mail também podem ajudar a solicitar um feedback para os clientes.

Vale destacar, ainda, que as mídias sociais devem ser usadas como um instrumento de relacionamento. Atenda a solicitações, dúvidas e oriente os clientes a fazerem os pedidos por ali mesmo, por que não?

É importante mostrar á sua audiência que você está nas mídias sociais para atendê-la, e não só porque é uma tendência.

Assim, com o tempo, você vai descobrir como vender mais com as mídias sociais e, transformar os seus canais em verdadeiras ferramentas de vendas!

E se você quiser conhecer outros benefícios desses canais de comunicação, e que podem fazer com que a sua empresa se desenvolva de maneira muito mais harmônica, não deixe de ler também nosso artigo com os 5 impactos que as mídias sociais geram para a sua empresa!

7 dicas para deixar o Instagram da sua empresa mais  atrativo

7 dicas para deixar o Instagram da sua empresa mais atrativo

Quem trabalha com marketing integrado sabe que as redes sociais possuem uma representatividade grande para o sucesso de suas campanhas. Nisso, podemos incluir algumas das mais utilizadas pelos usuários, como o Facebook e o Instagram.

E é justamente sobre o Instagram que vamos dedicar este artigo. A rede social — que soma 50 milhões de usuários no país — pode trazer uma série de oportunidades para você gerar mais presença digital e se relacionar qualitativamente com o seu público.

Para ajudar, nós reunimos 7 dicas para deixar o Instagram de sua empresa mais atrativo. Aprenda conosco!

1. Tenha um perfil corporativo e público

É comum que as pessoas passem a usar os seus perfis pessoais para realizar as postagens de suas empresas. No entanto, trata-se de uma estratégia ineficiente, pois os perfis comerciais  contam com mais recursos que permitem a mensuração de resultados de suas campanhas.

Além disso, um perfil inteiramente focado em sua empresa traz muito mais credibilidade ao seu público-alvo, não concorda?

2. Trabalhe com conteúdos relevantes

Para começar, torne público o perfil de sua empresa no Instagram e complemente com todas as informações que julgar necessárias. Quanto mais completo o perfil, mais fácil será para as pessoas interagirem, entrarem em contato e conhecer melhor o seu empreendimento.

Em seguida, é hora de usar o Instagram estrategicamente para converter resultados. Para isso, identifique os gostos, preferências, desafios e necessidades da sua audiência. Assim, você descobre quais conteúdos são relevantes e vão permitir a construção e manutenção de um bom relacionamento com os consumidores e clientes em potencial de sua marca.

3. Entenda também sobre frequência de postagens

Além da relevância de imagens você deve considerar a frequência. Para tanto, a elaboração de um calendário editorial é fundamental, pois ela ajuda a organizar a rotina e a se comunicar na medida certa com o seu público.

O equilíbrio é fundamenta, pois postagens em excesso desestimulam o engajamento dos usuários. Da mesma maneira que um Instagram abandonado não desperta o interesse deles. É válido analisar o comportamento online de sua audiência, portanto, para encontrar o número ideal de frequência e horários para as postagens.

4. Faça uso estratégico das hashtags

As hashtags são o combustível para impulsionar as suas postagens. Isso significa que você deve conhecer o mercado e o seu público, entender quais termos têm tudo a ver com eles e, assim, usá-los de maneira estratégica por meio das hashtags.

Assim, você aumenta o alcance de sua marca no Instagram, aumenta a base de seguidores e desenvolve novas oportunidades de negócio.

5. Seja mais social

As redes sociais são vias de duas mãos: na mesma proporção que você posta e espera pelo engajamento do público outras pessoas pensam igualzinho a você.

Por isso, seja social e use o Instagram para construir e nutrir relacionamentos. Siga perfis similares e que ajudem a complementar o seu mercado de atuação, curta as postagens e comente as fotos. Isso estimula as interações e faz com que mais pessoas fiquem a par do seu negócio e o que ele pode fazer por elas.

6. Organize o seu feed

Lembre-se que o Instagram é uma rede social visual. Ou seja: atenção à qualidade das imagens, a relevância das mesmas e, principalmente, ao impacto delas. Imagens repetitivas vão tornar o seu perfil pouco atrativo e não é esse o objetivo.

7. Mensure a performance de suas postagens no Instagram

Entre as tendências mais consolidadas do marketing digital está a possibilidade de mensurar os resultados de suas campanhas. No Instagram, isso pode ajudar a entender melhor o seu público por meio da performance de cada postagem.

Mantenha um monitoramento presente para que as suas postagens sejam um sucesso em constante evolução, ajudando a desenvolver ainda mais a sua presença digital.

E, como estamos falando em ampliar a sua base de clientes por meio de novas tecnologias, que tal conferir também nosso artigo que ensina a conquistar novos clientes como marketing digital?

A importância das mídias sociais bem estruturadas

A importância das mídias sociais bem estruturadas

Você já deve ter ouvido que, hoje em dia, um bom plano de marketing conta com ações integradas entre o tradicional e as campanhas digitais. Especialmente, no marketing industrial, que ainda convive muito com clientes e fornecedores em eventos e visitas técnicas. Só que isso não significa que o mundo on-line mereça menos atenção. Por isso, neste post nós vamos explicar a importância das mídias sociais em suas estratégias.

Mais que isso: ao longo deste artigo vamos destacar o quanto as mídias sociais devem ser bem estruturadas. Afinal de contas, trata-se de um fundamental canal de comunicação e relacionamento para qualquer empresa. Quer saber como utilizá-las de maneira otimizada? Basta seguir com a leitura deste post!

A importância das mídias sociais para as empresas

Hoje em dia, muitas das tarefas que empreendemos fazem com que interajamos virtualmente, primeiro. Não por menos, as estratégias de marketing digital são fundamentalmente alinhadas com o comportamento on-line do seu público-alvo.

E isso se estende também ao uso das mídias sociais. Usá-las significa concentrar sua atuação onde o seu público já se concentra. Consequentemente, é a oportunidade perfeita para compreender melhor os objetivos e carências dele, bem como usar as mídias sociais para se relacionar com os usuários.

Vantagens em investir nas mídias sociais

Da mesma maneira que ocorre com a construção de um blog corporativo, a organização no planejamento de mídias sociais rende uma série de vantagens, como:

  • Tráfego: as pessoas acessam uma vez ou mais, por dia, suas redes sociais. Quando você conta com uma produção relevante e consistente, alinhada ao perfil de sua audiência, as chances de gerar mais visitas e engajamento são maiores;
  • Autoridade: a identificação dos assuntos de interesse da sua audiência — e as soluções apresentadas em cada postagem — ajudam a aumentar a força de sua marca na internet. Quanto mais você atender às expectativas do público, maior será a sua autoridade, tornando-se uma referência em seu ramo de atuação;
  • Relacionamento: é possível atender a solicitações, tirar dúvidas, responder a críticas e sugestões e até mesmo gerar engajamento — como o compartilhamento de suas postagens —, o que aproxima você cada vez mais dos seus consumidores e clientes em potencial.

Isso tudo, entretanto, fica ainda melhor quando você avalia as possibilidades de uso das mídias sociais para promover a sua marca!

Dicas de uso das mídias sociais

Além de postar, interagir e produzir anúncios — muitas redes sociais possuem recursos próprios nesse sentido —, as mídias sociais servem para pontuar a sua marca no mercado (digital e presencial).

Portanto, é importante dispor de um planejamento preciso para que as suas ações sejam, de fato, impactantes para o seu público. Trata-se, no fim das contas, de gerar mais valor para o seu cliente. Por isso, destacamos algumas dicas de boas práticas nas mídias sociais. São elas:

Poste conteúdos relevantes

Informação e entretenimento na medida certa! Assim, você estimula os visitantes de suas mídias sociais a entrarem mais vezes em suas páginas, consumirem os conteúdos e engajarem com eles.

Tenha um tom de voz e identidade próprios

Se as mídias sociais são extensões de sua empresa, nada mais natural do que a abordagem e o contato com os usuários tenham a ver com o DNA de sua empresa. Por isso, tenha a certeza de que os clientes vão saber com quem estão falando ao entrar em contato com o seu atendimento virtual.

Atenção à periodicidade e frequência

Existe um equilíbrio pontual entre a periodicidade e frequência de suas postagens. Em excesso, cansa o usuário; quando muito dosada, faz com que eles procurem por respostas em outro lugar. Por isso, é importante analisar o comportamento do seu público para definir um calendário editorial que atenda em cheio a demanda do seu consumidor.

E, para auxiliar nessa empreitada, temos um material que destaca a vida útil de postagens em uma das principais redes sociais. Dê uma conferida aqui em baixo!

Pin It on Pinterest