Marketing e vendas: como essa poderosa integração pode ajudar o setor industrial

Marketing e vendas: como essa poderosa integração pode ajudar o setor industrial

Em boa parte das empresas tradicionais, marketing e vendas são vistos como setores distintos — cada um com a sua respectiva função, metas e objetivos.

Acontece que um setor de marketing, em uma empresa (comercial ou do setor industrial, está tão inserido, atualmente, no conceito de indústria 4.0), vai muito além dessa perspectiva rígida.

Ele, além de responsável pela marca e pelos produtos ou serviços, responde também pelo desenvolvimento de novos produtos de acordo com as tendências e principalmente pelas vendas.

As maneiras de vender estão mudando, e as empresas precisam acompanhar as tendências. Pois em empresas organizadas com processos comerciais estruturados, os times de marketing e vendas andam juntos.

Cada dia mais, o marketing é responsável por proporcionar novas oportunidades de negócios aos times comerciais, por isso este trabalho em conjunto é tão importante.

[E-Book] As melhores estratégias de Inbound Marketing para aumentar as vendas na indústria

Como o marketing ajuda nas vendas?

Os vendedores são essenciais nas organizações e possuem um custo alto de manutenção. Por isso que o marketing digital se torna um meio importante, pois ele pode ser a porta de entrada para a captação de novos negócios para o time comercial fechar as vendas.

Quando as empresas não possuem um setor de marketing estruturado, seja interno ou uma agência terceirizada trabalhando em conjunto com o time de vendas, os vendedores precisam fazer o trabalho do marketing, ficando boa parte do seu tempo buscando novas oportunidades, do que realmente fechando as vendas.

Por esse motivo, a eficiência dos times comerciais na maioria das empresas é ruim, ou também quando não possuem um processo comercial estruturado.

Empresas que entenderam a real função do marketing e estruturaram um bom processo comercial com os times de marketing, pré-vendas e vendas trabalhando em sintonia e engajados todos pelo mesmo propósito estão tendo um tremendo sucesso, mesmo em momentos de crise do mercado.

Hoje trabalhar as vendas da sua empresa apenas com os métodos tradicionais com representantes e mesmo vendedores externos, está se tornando cada vez mais complicado, devido aos altos custos para manter estas equipes na estrada, e além do tempo escasso dos clientes em atendê-los.

Sua empresa não necessita substituir toda sua estratégia atual focando em marketing digital e vendas internas, mas sim ter mais este canal de vendas como um apoio e muitas vezes tornar este canal como sua principal fonte de receita, pois uma de suas reais vantagens é o baixo custo em relação aos métodos tradicionais.

Vantagens do alinhamento entre marketing e vendas

Todo processo quanto melhor estruturado e alinhado melhor serão os resultados. Com o marketing x vendas não é diferente.

Um dos grandes pontos de sucesso entre o alinhamento desses times são oportunidades de negócio cada vez mais qualificadas chegando ao time de vendas.

Para isso, ter um acordo de passagem de oportunidades entre os times é indispensável, pois aí ambos trabalharão em prol do mesmo objetivo.

Esse acordo deve ser criado e implementado pelas duas áreas em conjunto, e também reajustado quando necessário.

Pois tendo este acordo de passagem documentado e sendo respeitado, é a garantia que as oportunidades geradas pelo marketing chegarão ao pré-vendas ou mesmo às vendas alinhadas e qualificadas de acordo com o perfil ideal de cliente para a empresa.

Em outras palavras, o time de vendas receberá as oportunidades quentes prontas para efetivarem a compra, fazendo enfim a sua real função que é vender, proporcionando uma eficiência de conversão excelente.

Assim, os vendedores recebem apenas os leads que estão preparados para comprar, investindo todo o seu conhecimento e energia fechando as vendas, ao invés de ficar pesquisando, prospectando, qualificando e só após, fechando.

Esse alinhamento também é fundamental para gerar excelentes feedbacks ao marketing, para buscar cada vez mais, entender as reais dores do seu público e ter mais sucesso nas campanhas e também em todos os conteúdos gerados para conseguir encontrar aonde seu público-alvo está presente e conseguir atraí-los voluntariamente para os canais de conversão da empresa.

Outra grande vantagem deste alinhamento, é a experiência do usuário nos canais e em todos os materiais que sua empresa produzirá, pois, o marketing receberá informações privilegiadas do time comercial, que é quem realmente conversa e procura entender o que o lead está buscando, permitindo que o marketing consiga ser mais assertivo, entregando conteúdo relevante ao público ideal, se tornando cada vez mais referência no assunto.

Então se sua empresa ainda não possui uma equipe de marketing ou caso possua, mas não está alinhada com a equipe comercial, procure por em prática este alinhamento o mais breve possível, pois isso garantirá que suas vendas continuem aumentando. E procure também estruturar um processo para o seu comercial, pois este ponto é que garantirá que você consiga melhorar a eficiência da sua equipe.

Como trabalhar marketing e vendas de maneira integrada?

Como vimos, não se trata mais de uma visão sistêmica, a separação de marketing e vendas. A sua integração se mostra uma necessidade atual para atrair, abordar e interagir com o consumidor — seja ele o consumidor final ou um empreendedor do setor industrial.

Por isso, é fundamental aproximar ambos os setores para antecipar tendências, desvendas novas oportunidades de negócio e agregar uma padronização qualitativa no fluxo de trabalho.

A seguir, vamos apontar os meios para que marketing e vendas trabalhem mais e mais próximos!

Estabeleça metas iguais

Se as equipes vão trabalhar juntas, por que não alinhar os objetivos e metas? Com isso, todos caminham na mesma direção, em busca dos mesmos resultados, o que facilita o planejamento e a execução de ações.

Reúna os representantes periodicamente

Com ações similares e as mesmas metas, marketing e vendas devem se reunir constantemente para manter o progresso devidamente alinhado.

Sem falar que, como havíamos adiantado, o marketing qualifica os vendedores com insights valiosos, enquanto o setor de vendas promove os devidos feedbacks a respeito dos prospectos.

É por meio dessa troca que as ações são ajustadas, em tempo hábil, e as campanhas são seguintes são planejadas com elevado índice de retorno e aproveitamento.

Apresente os progressos e o monitoramento de resultados

Se tem algo de grande importância no marketing digital e que realmente se diferencia é a possibilidade de monitorar a performance das campanhas.

Com isso, toda ação pode ser mensurada, diagnosticada e ajustada rapidamente, evitando que os vendedores abordem de maneira equivocada um cliente em potencial, ou que o setor de marketing insista em uma campanha infrutífera — entre outras situações.

Daí, surge novamente a relevância em aproximar marketing e vendas: um necessita, de fato, do outro para crescer e apresentar resultados de impacto.

Por isso, ao traçar metas e objetivos, certifique-se também de apresentar as principais métricas (que marketing e vendas) deverão ser observadas.

Com o tempo, o trabalho vai ficar mais harmonioso, em sintonia e adequado às demandas, objetivos e necessidades do setor industrial. Podendo, inclusive, antecipar tendências para diferenciar-se da sua concorrência.

Só que essa integração entre marketing e vendas exige muito tempo e dedicação para fluir com naturalidade na rotina corporativa. E, para isso, é fundamental ter à disposição uma equipe qualificada para auxiliar nesse processo. Quer saber mais a respeito desse trabalho? Então, confira também como a Agência Labra facilita as vendas para a sua empresa!

A necessidade da pré-venda na qualificação de oportunidade de negócios

A necessidade da pré-venda na qualificação de oportunidade de negócios

Quando falamos em oportunidade de negócios, hoje em dia, com base em suas ações digitais, estamos apontando o diferencial de sua marca para segmentar e qualificar continuamente os clientes em potencial atraídos até o seu negócio.

Com isso, é importante avaliar em quais etapas isso pode ser feito de maneira assertiva, para que o seu negócio acumule mais clientes e vendas, aprendendo por meio dos próprios hábitos de consumo do seu consumidor.

E é aí que a pré-venda se mostra um diferencial e tanto para a geração de uma boa oportunidade de negócios para a sua marca. Quer saber mais a respeito? Então, acompanhe-nos ao longo da leitura deste post!

Os setores de marketing e vendas juntos para criar uma oportunidade de negócios

Integração, hoje em dia, é uma palavra inflexível para o desenvolvimento de qualquer empresa, independentemente do seu porte ou ramo de atuação.

E sabe por quê? Os vendedores não fazem milagres por conta própria, e o esforço do marketing em atrair novos clientes só tem efeito quando a equipe de vendas recebe as principais — e as melhores — informações a respeito dos seus prospectos.

Como isso funciona

Assim que mapeado o perfil do seu público-alvo e desenhada a jornada de compra do consumidor, o marketing tem em mãos as estratégias mais eficientes para impactar e atrair leads qualificados.

O que, consequentemente, permite a segmentação desses usuários anônimos, nutrindo-os com um conteúdo relevante e de qualidade para que ele permaneça interagindo com a empresa — seja no seu site institucional, no blog ou mesmo nas redes sociais.

Como resultado disso cria-se uma oportunidade de negócios que o seu time de pré-vendas consegue alinhar com as perspectivas dos vendedores por meio da segmentação.

Por exemplo: o setor de pré-vendas entende que um grupo de clientes em potencial ainda não está pronto para a abordagem direta de um vendedor. Para tanto, mantém o usuário interessado, solucionando as suas dúvidas até que o próprio se convença de que está pronto para ouvir uma proposta de sua equipe de vendas.

O trabalho do setor de pré-vendas para criar uma oportunidade de negócios

Enquanto o marketing compila e encaminha os leads ao setor de vendas, o pessoal responsável pela pré-venda é quem garante a hora certa de encaminhar o cliente em potencial para os vendedores.

A importância disso está atrelada à qualificação dos seus consumidores, permitindo ainda mais assertividade no processo de atração de clientes. E, isso, reduzindo o CAC (sigla para Custo de Aquisição de Clientes), o que aumenta o retorno do seu investimento em ações digitais de marketing.

Vale destacar, então, que o trabalho do pré-venda, em criar uma oportunidade de negócios assertiva, consiste em:

  • conhecer profundamente as dúvidas dos seus leads;
  • identificar a etapa em que cada um se encontra na sua jornada de compra;
  • no alinhamento de soluções com a demanda de cada um;
  • nas resistências e objeções à realização do negócio.

Podemos considerar esse setor um “meio-de-campo” que faz a ligação entre o marketing e vendas, e também se aproxima mais dos objetivos e necessidades do seu consumidor.

Veja, ainda, outro benefício em ter a pré-venda para construir uma boa oportunidade de negócios: os vendedores focam menos em prospecção, atuando mais em vendas, e o marketing adquire mais uma camada de feedback para compor estratégias personalizadas.

A construção de uma oportunidade de negócios com a pré-venda

Como estamos adicionando uma etapa entre o marketing e vendas, é importante o profundo alinhamento de responsabilidades, estratégias e ações para que a “passagem de bastão” — ou seja: o momento de uma equipe passar as informações para o time posterior do fluxo — seja harmônico e funcional. Isso irá impactar no final diretamente seu público-alvo.

A construção de uma oportunidade de negócios com a pré-venda - Aproximação com o seu público-alvo

Para isso, uma série de etapas deve ser analisada para gerar o resultado esperado. E, abaixo, destacamos o funcionamento desse fluxo:

  • tenha muito bem definida a sua persona e também a jornada de compra, fazendo com que as suas equipes entendam, em detalhes, como elas funcionam;
  • identifique os diferenciais dos seus produtos e serviços, e alinhe-os à demanda criada pelo seu público-alvo;
  • mapeie o mercado, pois a oportunidade de negócios vai surgir a partir das carências e necessidades do setor, como um todo;
  • avalie, em cada etapa da jornada de compra, as dificuldades, desafios e resistências do consumidor. Assim, o marketing, a pré-venda e os vendedores vão aprender a contornar os obstáculos e torná-los uma boa oportunidade de negócios.

A etapa seguinte, agora, consiste em traduzir essas etapas em um método de trabalho funcional, dentro do fluxo de produção da sua empresa. Mas, caso precise de um auxílio especializado em gerar uma boa oportunidade de negócios, confira como a Agência Labra facilita a venda para a sua empresa!

Como a Agência Labra facilita a venda para sua empresa

Como a Agência Labra facilita a venda para sua empresa

Aumentar o volume de vendas, atrair mais clientes e aumentar a produtividade e eficiência de suas estratégias de comunicação – e com economia no investimento. Estão aí algumas das principais metas e objetivos de empresas de todos os portes e segmentos, no geral, ao investirem em marketing industrial.

Outra coisa em comum com essas empresas, entretanto, pode ser a resposta para o cumprimento de todas as alternativas anteriormente citadas: a Agência Labra.

E, se você ainda não está por dentro das vantagens de contar com as diversas estratégias de marketing industrial e de conteúdo qualificado, este post é o momento perfeito para descobrir como a Agência Labra facilita a venda para sua empresa por meio das ações de inbound marketing. Confira!

Quem é a Agência LABRA?

Nascida e amadurecida nos entornos do Estado de Santa Catarina — no município de Rio do Sul —, a Agência Labra foi pensada como uma resposta imediata às demandas do mercado do ramo industrial.

Afinal de contas, é nítida a necessidade de gerar presença digital, atualmente — e independentemente do porte ou segmento de atuação das empresas.

Só que, como o marketing industrial ainda engatinhava, à época, a Agência Labra encontrou uma diferenciada oportunidade de negócios.

As indústrias chegaram atrasadas ao advento tecnológico — mais especificamente, do marketing digital. Pois a abordagem, o tom de voz e as soluções propostas diferem, e muito, daquelas desenvolvidas para o comércio, por exemplo.

No intuito de inovar, a Agência Labra se consolidou como uma das grandes referências em marketing industrial no país. Para tanto, planejou exaustivamente a construção de um serviço diferenciado em trabalhar os benefícios do Inbound Marketing no setor.

Como complemento, destacam-se as soluções multidisciplinares, regidas por quem entende, e tem como meta o contínuo aprendizado, de oferecer a melhor alternativa para os seus clientes. Tudo, é claro, alinhando-se às necessidades, exigências e objetivos de cada negócio.

Qual é o foco de trabalho da empresa?

A especialização da Agência Labra é — e sempre foi — o marketing industrial. Só que os anos acumulados de experiências e lições também agregaram diversidade ao portfólio de nossa marca. Dentro e fora da realidade dos parques industriais.

Especialização em inbound marketing industrial

Em comum, no entanto, está o talento e a capacidade de adaptação de nossa equipe — sempre focada em tendências e aplicações práticas aos mais diversos setores de atuação do mercado.

Como resultado, a Agência Labra desponta com um leque de serviços que somam qualidades pluralizadas ao seu negócio, seja para:

  • atrair leads qualificados;
  • aumentar a base de clientes;
  • gerar presença (e autoridade) digital;
  • promover as vendas.

Entre outros objetivos que melhor se adaptem às suas perspectivas e projeções.

Sua empresa é preparada para o processo de vendas?

Contar com ações de inbound marketing em sua empresa significa, em primeiro lugar, segmentar o seu público-alvo, de maneira que as suas campanhas sejam altamente direcionadas para esse perfil mais interessado nos seus serviços ou produtos.

Com isso, fica muito mais prático preparar a sua equipe de vendas para fechar novas oportunidades de negócio. Afinal de contas, eles passam a receber do setor de marketing informações sobre os clientes em potencial, apenas.

É assim que sua força de vendas se preocupa somente em, literalmente, fechar o negócio. Isso porque existe uma sinergia entre esses dois setores, proporcionada pelo inbound marketing, que coloca suas ações de marketing em um patamar muito mais estratégico. Esse alinhamento é extremamente importante para gerar muitas vendas para sua empresa.

Até por isso, levantamos sempre a bandeira da importância em contratar apenas agências certificadas em inbound marketing, tamanho o valor e impacto dessas ações em sua empresa.

Seu público-alvo é definido e devidamente explorado?

Com ações de marketing digital e com a produção de um conteúdo de qualidade, focado nos desafios e problemas do seu público-alvo, a Agência Labra facilita a venda para sua empresa.

Afinal de contas, mencionamos anteriormente a relevância em segmentar o seu público — neste caso, por meio das ações de marketing industrial —, que é a essência de toda estruturação do marketing digital: enviar a mensagem certa, para o público certo, e no momento certo.

Assim, você passa a interagir, dialogar e promover a sua marca para um público qualificado, disposto a ouvir o que você tem a dizer e, principalmente, a fechar negócios com sua empresa.

Para o seu time de vendas, então, só há vantagens nisso. Pois, como dissemos, o setor de marketing industrial tem a missão de filtrar ainda mais as opções, para que seus vendedores saibam mais a respeito de cada pessoa que eles abordarem.

Ou seja: o valor das ações de inbound marketing está menos em divulgar sua mensagem para o maior número de pessoas, mas na divulgação de sua mensagem para o melhor grupo segmentado possível de pessoas.

E, o melhor: a partir da parceria consolidada com quem vê, nos seus clientes, verdadeiros sócios para dar uma impulsionada significativa nos seus resultados!

Como a Agência Labra facilita a venda para a sua empresa?

Outra conveniência das ações de inbound marketing é que é possível estimular a comunicação com o seu público-alvo por meio da produção de um conteúdo qualificado.

Não à toa, trata-se de um diferencial e tanto para dar mais visibilidade à sua marca. E a Agência Labra facilita a venda para sua empresa planejando e produzindo, estrategicamente, esse tipo de conteúdo.

Com o tempo, essas produções ajudam a fidelizar mais acessos até a sua página, permitem uma interação maior da sua marca com o público-alvo e ajuda a construir a sua marca, fazendo dela uma grande referência em seu ramo de atuação.

É por isso que um conteúdo qualificado e relevante é tão crucial, neste aspecto das ações de marketing digital. Saber onde impactar o consumidor é fundamental, pois abre portas para diferentes possibilidades de negócio.

Existe redução de custos com a equipe de vendas?

Após o que vimos, até aqui, fica claro que as ações de inbound marketing segmentam não apenas o seu público-alvo, mas suas equipes também.

Afinal, o setor de marketing se responsabiliza por enviar à equipe de vendas somente os leads mais qualificados. Do contrário, imagine o esforço de fazer com que o setor de vendas fizesse essa segmentação e avaliação do perfil do consumidor?

O investimento é menor e o investimento e retornos, maiores do que se imagina. E, como dissemos na abertura deste texto: o inbound marketing facilita a venda para sua empresa, aumenta a produtividade e traz mais visibilidade à sua marca – com economia.

Quais estratégias podem ajudar sua empresa a crescer?

Com base no repertório de atuação da Agência Labra, o marketing industrial da sua empresa pode ser complementado pelas seguintes ações:

Estratégias que a Agência LABRA efetua para ajudar sua empresa a crescer

  • inbound marketing, identificando o perfil do seu público e, assim, gerando conteúdos qualificados que permitam a atração de verdadeiros clientes em potencial. O que aumenta, exponencialmente, o ROI;
  • design, para compor ou desenvolver a sua identidade visual, bem como o tom de voz, abordagem e todo o trabalho de seus materiais de divulgação — impressos ou on-line;
  • sites institucionais, que permitem qualificar ainda mais a sua marca, gerando valor agregado à experiência do seu consumidor, além de ranquear melhor as suas páginas nos resultados orgânicos dos mecanismos de busca.

Tudo isso com a parceria fundamental da Agência Labra, que acumula mais de R$ 10 milhões em resultados para nossos clientes! Além de um interesse contínuo em se desenvolver, despontando com certificações e parcerias qualificadas com a Resultados Digitais (Parceiro Gold), o Google e a Contentools — todos referência em marketing digital.

Por isso, caso queira conhecer um pouco mais as vantagens do inbound marketing para o seu negócio, entre em contato conosco e descubra como a Labra facilita a venda para sua empresa!

Como vender com inbound marketing - Quer saber como vender mais utilizando a estratégia de Inbound Marketing no seu negócio? Baixe o E-book

Funil de marketing: etapa de vendas alinhada com o marketing

Funil de marketing: etapa de vendas alinhada com o marketing

O funil de marketing tem uma participação efetiva na integração de áreas da empresa, visando resultados mais consistentes e alinhados aos objetivos coletivos: como o aumento de vendas.

Para tanto, o alinhamento entre os setores de marketing e vendas é crucial, nesse processo, uma vez que as áreas tendem a caminhar na mesma direção, mas paralelamente. Algo que foi tido como natural, por muito tempo, mas que deve ser dissolvido na cultura da empresa.

Este post, então, chega com o principal objetivo de esclarecer como o funil de marketing pode contribuir com essa integração qualitativa entre vendas e marketing. Confira!

Por que integrar marketing e vendas?

Por meio do funil de marketing, a sua empresa passa a mapear toda a jornada pela qual o seu público-alvo passa até efetivar uma compra.

Funil de marketing: marketing e vendas alinhados

Consequentemente, o planejamento deve começar de maneira interna, colocando todas as peças da empresa alinhadas na mesma direção. O que inclui os setores de marketing e de vendas.

Afinal de contas, por mais que o marketing seja impecável, os outros departamentos devem seguir a linha estabelecida pelo outro setor. A tal da identidade de marca. Do que adianta atrair o consumidor até o seu site se os vendedores não “falam o mesmo idioma” que guiou o usuário até ali?

Como o marketing pode ajudar o setor de vendas?

No contexto de elaboração de um funil de marketing, o setor de vendas é constantemente municiado com informações qualitativas. Por exemplo:

  • o marketing identifica todas as questões relativas aos hábitos de consumo do público-alvo da empresa;
  • o mesmo se aplica ao alinhamento das soluções promovidas com a demanda do consumidor;
  • a captação de leads também é de responsabilidade do marketing, bem como a constante orientação por toda a sua jornada de compra, até a etapa de vendas.

Isso tudo, com base em valores institucionais que ajudam a criar uma identidade, para a empresa, e que gere a identificação do consumidor. Assim, o trabalho dos vendedores se concentra em usar esses dados e o relacionamento gerado para obter resultados melhores.

Como isso impacta na qualificação de vendas?

Para os vendedores, todos os dados gerados pelo seu consumidor em potencial são analisados pelo marketing. Isso ajuda a construir argumentos de venda com elevado potencial.

Sem falar que as ações de marketing contribuem com o desenvolvimento de uma relação sólida e consolidada com o consumidor. O resultado disso são os insights que o setor de marketing repassa ao departamento de vendas. As etapas seguintes consistem em:

Converter os leads qualificados

O lead qualificado é aquele com verdadeiro potencial de adquirir os seus produtos ou serviços. Nessa etapa, o setor de marketing já conhece bastante dos leads, como os seus dados pessoais.

Como consequência disso, os vendedores vão receber os dados de alguém que já foi “nutrido“ pelo marketing e está propenso a ouvir uma proposta, já com todas as necessidades mapeadas com o uso do funil de marketing. E é aí que entra o diferencial da integração entre os vendedores e o setor de marketing.

Entendimento de necessidades

Em um primeiro contato, o setor de vendas consegue obter informações mais personalizadas a respeito de cada lead. Elas são absorvidas, organizadas e compiladas para que o marketing tenha um feedback rico do que funcionou, em sua última campanha, e o que pode ser repensado ou mesmo descartado nas próximas ações.

Isso porque o vendedor contatou alguém — seja por telefone, e-mail ou presencialmente — e entendeu as particularidades da demanda de um cliente em potencial. Isso ajuda a montar um funil de marketing ainda mais detalhado, e sempre mais resistente aos imprevistos em um atendimento.

A conversão

Esse vai e vem de informações cambiadas entre os setores faz com que o funil de marketing se torne mais robusto e assertivo. Inclusive, para a etapa de conversão — que é a conclusão do negócio.

Cada negociação bem-sucedida — e também aquelas ainda em desenvolvimento e as oportunidades perdidas — são elementos-chave para uma nova reunião entre os setores.

É importante a participação ativa dos envolvidos para a compreensão plena do que as estratégias de marketing renderam de resultados, e quais dados os vendedores puderam obter para qualificar melhor as próximas estratégias.

Marketing e vendas podem coexistir harmoniosamente?

Com certeza! Eles devem, na realidade. Isso porque o ambiente digital transformou não apenas as relações das marcas com os seus consumidores, mas internamente também.

De nada adianta um processo integrado — como o funil de marketing — sem que todos os colaboradores entendam como segui-lo? O fluxo de trabalho, agora, é cíclico. A participação de todos é fundamental para que essa roda circule, fazendo com que todos os departamentos tenham a sua fundamental importância na engrenagem.

E-BOOK MARKETING INDUSTRIAL COMO GERAR NOVAS VENDAS

Quer um exemplo simples disso? Imagine uma empresa que não tenha um setor de vendas fixo. Quando o marketing consolida todas as informações para a etapa de vendas, o processo fica inacabado porque o lead já foi guiado até a etapa de negociação — e onde estão os profissionais para fazerem uso estratégico dos dados?

O mesmo vale para a situação inversa: sem o marketing para atrair, nutrir e se relacionar com o público-alvo, os vendedores atuam “às cegas”. Muitas vezes, abordando clientes que não estão prontos para a tomada de decisão, por exemplo, reduzindo a eficácia de cada abordagem.

Deu para perceber o quanto cada setor se sobressai para dar mais destaque à sua marca, e como um está ligado ao outro para o sucesso coletivo dos seus objetivos?

Portanto, caso a sua empresa ainda não tenha esses dois departamentos atuando, ao mesmo tempo, em prol dos mesmos objetivos, fica difícil usar o funil de marketing como diferencial para atrair e se relacionar qualitativamente com o consumidor.

E, caso você esteja em busca de mais dicas para potencializar as suas estratégias digitais, não deixe de conferir também outro artigo de nossa autoria, que apresenta uma série de estratégias para aumentar as vendas na sua empresa! Boa leitura, e confira como complementar tudo aquilo que vimos ao longo do uso do funil de marketing para a etapa de vendas!

Smarketing – a importância em alinhar vendas e marketing para gerar bons resultados

Smarketing – a importância em alinhar vendas e marketing para gerar bons resultados

O marketing digital mudou — e muito — a maneira de abordar, interagir e se relacionar com o seu público-alvo. Mas, internamente, as suas transformações são significativas também, como propõe o conceito de smarketing, por exemplo.

Afinal de contas, a sua ideia e aplicação se concentram na integração cada vez mais qualitativa e próxima dos setores de marketing e de vendas.

Como resultado, suas equipes vão obter dados mais ricos sobre o seu cliente em potencial, e vão entrar em sintonia. Algo fundamental para alcançar os objetivos com o menor número possível de riscos e imprevistos.

Quer saber mais a respeito do smarketing e como ele pode fazer a diferença no planejamento e na execução de estratégias? É só seguir com a leitura deste post!

O que é smarketing?

Começando pela conceituação de smarketing, estamos falando de uma palavra que une as nomenclaturas dos dois departamentos que vão interagir: Sales (vendas, em inglês) e marketing.

Smarketing - Agência labra

E isso, por si só, já pode gerar estranhamento nas pessoas. Afinal de contas, por muito tempo ambos os setores eram vistos como a água e o óleo em um mesmo recipiente: incompatíveis.

Algo que podemos perceber como infrutífero para o desenvolvimento de uma empresa, não importando o seu porte ou segmento de atuação. Pois os objetivos são os mesmos, no processo de vendas estruturado.

Sem falar que são etapas complementares — nos dois sentidos — para a consolidação de estratégias de marketing digital (como o marketing de conteúdo). É importante que o marketing qualifique os leads para os vendedores que, por sua vez, devem passar contínuos feedbacks para que as campanhas seguintes sejam mais assertivas.

Veja um comparativo: o marketing está tradicionalmente encarregado de:

  • atrair prospectos;
  • acompanhá-los em suas respectivas jornadas de compra;
  • prepará-los e nutrir cada um deles com materiais relevantes;
  • mapear profundamente tudo a respeito dos leads em especial que evoluem no seu funil de marketing.

Enquanto isso, os vendedores passam a abordar os clientes em potencial com o máximo possível de informações para argumentar, convencer e efetivar uma venda.

Qual é a importância do smarketing para os negócios?

Ficou claro que um dos benefícios intrínsecos ao marketing digital está a unificação de suas equipes internas? Nada mais natural, uma vez que essa harmonia guia todos os seus colaboradores para a mesma direção — e os mesmos objetivos.

Quer ver outros benefícios colhidos a partir da utilização do smarketing?

  • os objetivos são alinhados com base nas necessidades e objetivos de cada setor;
  • as ações planejadas devem garantir resultados impactantes para todos os envolvidos;
  • o smarketing agrega mais empatia e um espírito colaborativo, já que os profissionais passam a entender melhor a demanda, os desafios e as necessidades de cada área;
  • os esforços são otimizados;
  • a redução de custos é palpável;
  • os processos são otimizados.

Por consequência, esse trabalho em conjunto se mostra eficaz para a atração de leads qualificados. É o constante diálogo entre vendedores e os profissionais de marketing que ajuda a diluir os desafios e agregar mais oportunidades à empresa, portanto!

Como trabalhar o smarketing na empresa?

Que tal colocar a sua marca para se destacar, diante da concorrência, com um contínuo processo de alinhamento interno? É isso o que propõe o smarketing. E, a seguir, vamos descobrir na prática como isso pode potencializar os resultados para o seu negócio:

Analise os objetivos da empresa

Comece comparando os setores de marketing e de vendas: eles têm os mesmos objetivos e são minimamente integrados?

Pense que esse alinhamento inicial é de suma importância para a condução de estratégias. Quando a balança pende para um dos dois lados, há algo errado. A sintonia é elementar.

Isso significa, inclusive, transparência entre os setores. Quando a comunicação é objetiva e facilitada nós conseguimos estimular o que foi dito anteriormente sobre o espírito colaborativo. Como gerar empatia, afinal de contas, se os setores não souberem o que o outro está passando?

Compartilhe entre as equipes os detalhes de sua buyer persona

A persona não é importante só para o marketing atrair clientes em potencial: é indiscutivelmente importante para que os vendedores aprendam como abordar as pessoas, saibam argumentar e agregar solução aos produtos e serviços que sua empresa oferece.

Sendo essa uma das grandes sacadas do marketing digital, o smarketing necessita desse conhecimento coletivo a respeito da buyer persona.

Construa um diálogo entre vendas e marketing

Um processo de vendas estruturado contribui para saber, exatamente, as etapas para uma negociação mais eficiente. Assim como o marketing alinhado a esses processos consegue obter dados qualitativos para nutrir os vendedores com informação relevante para suas abordagens.

Isso significa que o diálogo deve ser constante entre ambas as equipes. Periodicamente, uma reunião deve ser promovida para que os resultados sejam compartilhados, novas ações sejam desenhadas e objetivos possam ser traçados.

Isso pode funcionar da seguinte maneira:

  • encontros semanais são definidos para que cada um explique o andamento de cada objetivo anteriormente planejado. O alinhamento de personas também é considerado, bem como outros pontos que possam ser ajustados e afinados para que todos permaneçam na mesma direção;
  • encontros mensais, por sua vez, são mais profundos e permitem um alinhamento pensado para campanhas em médio e longo prazo. Além, é claro, de eventuais ajustes no que ainda for necessário e não foi concretizado nas últimas reuniões semanais.

Por meio do smarketing, o diálogo flui melhor e as equipes aprendem mais sobre o panorama geral das suas campanhas. Isso é de grande relevância para que os processos sejam mais integrados, e todos têm a ganhar com isso.

Gerencie relatórios compartilhados entre marketing e vendas

Vale observar que, da mesma maneira que as métricas ajudam o marketing e o setor de vendas a qualificarem cada vez mais as suas ações, o smarketing depende de um relatório conjunto para que as ações e resultados estejam ao alcance de todos.

Por exemplo: o marketing precisa de um retorno do setor de vendas para entender onde os leads não estão qualificados o suficiente. Da mesma maneira que o setor de vendas precisa obter os dados que julga importantes para uma boa negociação.

Com um relatório que contenha esses dados, o processo flui com mais facilidade. Afinal de contas, vivemos em uma época onde todas as nossas ações digitais podem ser mensuráveis.

Absorver essas informações e compilá-las, de maneira estratégica e aberta às equipes, é um passo importante para que o smarketing permaneça gerando bons resultados.

Implemente o SLA

O SLA é uma sigla para Service Level Agreement: um acordo entre ambas as partes e que deve ser cumprido em determinado prazo.

Para o smarketing, isso pode ser uma definição clara e objetiva de quantos leads o marketing deve gerar para os vendedores, por exemplo.

A ideia é resumida nesse acordo, mas compreende também os esforços em fazer isso acontecer — e o que estiver ao alcance de qualquer uma das equipes envolvidas, considerando que os objetivos são os mesmos.

Troquem feedbacks continuamente

É importante destacar também que o smarketing só funciona adequadamente quando as pessoas aprendem o que não está surtindo efeito.

As métricas estão aí para isso, é verdade, mas o feedback ainda é a melhor ferramenta de monitoramento. Um exemplo: alguns dados fornecidos pelo marketing não estão ajudando em nada na argumentação dos vendedores.

Assim, na próxima reunião essa informação deve ser compartilhada e analisada em coletivo. Talvez, os vendedores não tenham entendido como usá-las. Talvez, elas realmente não impactem em nada no processo de vendas.

Mas é importante saber disso, e os seus motivos, para que ações desnecessárias não façam mais parte da estratégia de smarketing ou que seja replanejada.

Com base nessas informações, nós achamos que vai ser possível construir uma ação de smarketing em que todos sejam beneficiados — interna e externamente.

Afinal de contas, um processo muito bem alinhado e construído só gera ações mais positivas para o seu público-alvo, à medida que fortalece a sua empresa internamente.

Para complementar o que vimos aqui sobre smarketing, então, que tal dar uma conferida em mais um conteúdo relevante? Conheça também como fazer um processo de vendas bem estruturado na sua empresa!

E-book de como gerar novas vendas com marketing industrial, baixe agora! | Agência LABRA

Pin It on Pinterest