Saiba a importância do marketing digital em momentos de crise

Saiba a importância do marketing digital em momentos de crise

A pandemia causada pelo novo coronavírus (Covid-19) gerou inúmeros impactos negativos na economia do país. Além disso, estima-se que os efeitos no âmbito econômico perdurem, ao menos, por mais alguns meses. Em situações emblemáticas e de recessão, muitos empreendedores, gestores e líderes não sabem como agir em relação ao investimento em marketing digital, e acabam suspendendo as ações de marketing e crescimento. 

No entanto, essa ação pode resultar em grandes falhas, uma vez que o marketing digital proporciona mais visibilidade para marca e auxilia a captar novos clientes. Diante desse cenário, é imprescindível se perguntar: qual a importância do marketing digital na crise?

Para responder a essas e outras perguntas, preparamos este post com o objetivo de mostrar a você, empreendedor, a importância do marketing digital em momentos de crise. Ficou interessado? Continue lendo!

Por que o marketing digital é importante durante uma crise?

Como mencionamos anteriormente, o marketing digital é uma ferramenta poderosa para auxiliar uma organização a contornar a crise. Afinal, com a sua utilização de forma correta, é possível divulgar produtos e consolidar serviços. Acompanhe: 

1. Segurança e conforto

O consumidor está cada vez mais exigente e, com isso, passou a valorizar mais a segurança e o conforto. 

Dessa forma, o consumidor tende a se adaptar ao meio online para realizar compras pela internet, uma vez que os processos são mais simplificados e não há necessidade de se deslocar para encontrar um produto simples, como uma resina epóxi

2. Interação 

Os canais digitais são ótimas alternativas para estreitar o relacionamento com o cliente e criar uma interação maior com o público-alvo. Isso é possível por meio de sites, blogs, redes sociais, entre outras opções. 

A interação por meio digital é fundamental para criar uma identidade para a marca, torná-la conhecida e fazer com que ela seja lembrada, ainda que o segmento seja específico, como um varejo de porta contra incêndio

3. Aumento das compras online

Como citamos acima, os consumidores estão cada vez mais integrando o conforto durante o seu processo de compras. Por isso, a tendência é que o número de compras online aumentem significativamente nos próximos meses. 

Portanto, é imprescindível elaborar um planejamento de vendas online, proporcionar uma boa experiência de navegação ao consumidor e, consequentemente, aumentar o número de vendas. 

e book display - Saiba a importância do marketing digital em momentos de crise

4. Inovação 

A inovação faz parte da realidade de toda corporação. Além disso, principalmente em momentos de crise, ela auxilia a criar um diferencial competitivo e expandir as chances de negócios. 

Por exemplo, vamos imaginar que você tem um restaurante e nunca atendeu com etiqueta código de barras. Dessa forma, é preciso que essa informação seja clara e transmitida diariamente para os consumidores. 

Uma boa dica é investir nas plataformas digitais, como o Facebook, Instagram e Twitter. Vale apostar na criação de conteúdo relevante, imagens ou até mesmo vídeos simples para prender a atenção do leitor. 

Conclusão 

Não restam dúvidas: as empresas que desejam contornar a crise precisam investir em marketing digital. 

Portanto, crie um bom planejamento, ótimas estratégias e adote ações eficientes, de forma que os consumidores se criem um interesse genuíno pela marca e, claro, voltem a comprar novamente. 

Gostou desse conteúdo? Leia também o nosso artigo sobre como as indústrias podem se restabelecer com o auxilio do marketing digital após a crise do coronavírus.

Como escolher uma agência de marketing? Fatores para serem analisados

Como escolher uma agência de marketing? Fatores para serem analisados

Hoje existem milhares de agências de marketing dispostas a atender as necessidades das empresas, mas será que essas agências estão preparadas para realizar um bom trabalho para as empresas?

Muitas vezes, a agência não é especializada em um determinado nicho de mercado. Por desconhecer e não ser especialista, acabam desenvolvendo um trabalho superficial e que não vai de encontro com o que a empresa oferece.

Nesse artigo vamos falar de alguns pontos importantes para você, que está pensando em fazer um investindo de marketing para sua empresa. Confira!

e book display - Como escolher uma agência de marketing? Fatores para serem analisados

Mas é importante trabalhar com uma agência de marketing especializada em um nicho de mercado?

A resposta é sim! Quando a agência de marketing digital é focada em um nicho determinado de mercado, com o foco bem definido e um conhecimento aprofundado, o trabalho será bem elaborado, e não apenas algo superficial. 

Além disso, a agência de marketing irá ter profissionais capacitados, o qual irá realizar um trabalho profissional, com ações de marketing focadas no seu segmento. Vai entender o que o cliente é e quer no ambiente digital.

Mas encontrar uma agência de marketing especializada no mesmo segmento de mercado da sua empresa é um dos fatores mais difíceis nesse processo. Existem diversos tipos de agências focadas em marketing digital, mas poucas possuem um foco em oferecer serviços especializados em determinados nichos.

Marketing de conteúdo: um fator a ser analisado

Outro fator a ser analisado pelas empresas que contratam agências é em relação ao marketing de conteúdo. O cliente que procura uma empresa de marketing nem sempre sabe da real importância que o marketing de conteúdo tem aliado de uma boa estratégia.

Informar e educar o seu público, são quesitos que reforçam a sua importância do marketing de conteúdo, independente do nicho que sua empresa se encontra. Ele trabalha toda a jornada de compra, com personas, palavras-chave, pautas de conteúdos direcionadas aquele momento e determinado produto. Uma estratégia personalizada para todos os novos clientes. 

Será trabalhado também o posicionamento de forma orgânica no ranking do google, com conteúdos otimizados, possuindo técnicas de SEO (Search Engine Optimization). Além de existirem outras técnicas que podem auxiliar e gerar resultados, como o próprio copywriting. 

Além disso, ter informações verídicas sobre os serviços/produtos oferecidos, pautas interessantes e que vão de encontro com a sua empresa, escritas de forma correta, é essencial. 

Mas apenas uma empresa de marketing especializada no seu nicho, com profissionais capacitados poderão desenhar a persona correta, que irá atingir todos o seu público-alvo, com conteúdos de qualidade, atendendo o foco da empresa.

Qual a maior dor das empresas para encontrarem uma agência de marketing especializada?

O que as empresas mais reclamam hoje em dia é da falta de qualificação das agências que as atendem. Por que isso?  Porque não possuem um conhecimento aprofundado e técnico dos produtos que oferecem.

O resultado dessa falta de conhecimento é o rompimento do contrato, ou a não renovam o mesmo, justamente pela agência de marketing não entender do seu serviço/produto.

Esse é um dos principais fatores a ser analisado ao contratar uma empresa de marketing. Ela é ou não especializada no ramo em que você atende? 

Por isso deixamos claro a importância de investir em agências com um nicho de mercado específico, pois como já falamos, estas possuem profissionais qualificados, que entendem de estratégia de marketing, sobre os canais que irão realmente trazer resultados para empresa, e as ferramentas que devem ser usadas.

Cases no seu segmento

Outro ponto muito importante na hora de escolher uma agência de marketing para a sua empresa, é conferir e avaliar os cases que ela já possui no seu segmento. Caso não possua cases, pelo menos  a agência necessita ter cases que se aproximem da sua realidade. 

Porém, sabemos que todas as agências precisam do primeiro case, mas quantos erros e acertos são necessários até chegar em um case de sucesso? Muitos. Inúmeras tentativas são realizadas, diversas estratégias testadas, até chegar o sucesso. 

A trajetória é longa. E a empresa que pensa em investir em marketing, dever abraçar a causa junto com a agência, para no final, o resultado ser o mais excelente possível.

Conhecimento técnico

De fundamental importância para gerar bons resultados é avaliar o conhecimento técnico da agência de marketing a ser contratada. Avaliar os trabalhos já executados, verificar o perfil dos diretores e colaboradores, para assim você ter certeza do nível de conhecimento técnico, tanto sobre o mercado do marketing digital e principalmente do seu nicho de mercado.

Avalie principalmente a formação, capacitações realizadas e as experiências profissionais no seu segmento.

Um canal que contém todas as informações dos profissionais das agências é o Linkedin. Nele você poderá verificar todos estes conhecimentos facilmente.

Caso os profissionais não utilizem esta rede social para expor suas experiências profissionais ou a mesma esteja desatualizada, já é um ponto de atenção a se ter cuidado, pois um bom profissional que se mantém atualizado precisa ter um Linkedin atualizado.

Fale com - Como escolher uma agência de marketing? Fatores para serem analisados

O que as empresas ganham contratando uma agência de marketing especializada em um segmento específico?

Existem inúmeros benefícios que uma empresa irá ter ao contratar uma agência de marketing especializada nem um segmento específico. Confira alguma das vantagens: 

  • Maior entendimento do mercado;
  • Maior entendimento dos produtos comercializados;
  • Maior entendimento do público alvo;
  • As melhores ferramentas para este determinado nicho;
  • Os canais de marketing digital que possuem melhor performance;
  • Ações específicas com resultados reais;
  • Estratégias mais profundas e não rasas como as agências que atendem todos os nichos realizam;
  • Contribuições para melhoria em vários setores da empresa.

Enfim, são alguns dos principais pontos que a sua empresa terá de benefício ao analisar e contratar uma agência especializada no seu segmento de mercado.

É claro que preço e qualidade neste caso não andam juntos, pois quanto mais nichada for a agência, mais caro será o seu serviço, mas melhores serão suas entregas e os resultados obtidos. Tudo isso varia de acordo com o tamanho do investimento que sua empresa tem destinado para o marketing.

Ah, e um ponto muito importante também é realizar um bom comparativo para equalizar bem os orçamentos solicitados, comparando as entregas e suas respectivas quantidades mensais e anuais.

Agora que você já entende como analisar fatores para contratar uma agência de marketing, veja também o nosso conteúdo sobre a importância de ter um profissional de marketing interno na indústria.

 

LGPD: o que a nova lei impacta no marketing digital?

LGPD: o que a nova lei impacta no marketing digital?

Em 2020, finalmente entra em vigor a tão comentada LGPD, ou Lei Geral de Proteção de Dados, sancionada pelo ex-presidente Michel Temer e que afeta diretamente todo o setor de marketing digital no Brasil.

Mas afinal, do que se trata a LGPD na prática, como ela pode impactar nas estratégias de marketing digital de sua indústria e o que muda a partir de agora? Pensando justamente em esclarecer estas e muitas outras dúvidas sobre o assunto, resolvemos preparar um guia completo sobre a nova Lei Geral de Proteção de Dados e mostrar, passo a passo, o que ela traz de novo para o setor.

Vamos conferir?

Afinal, o que é a LGPD?

A sigla LGPD significa Lei Geral de Proteção de Dados e segue um padrão internacional, já aplicado por muitos outros países. Na prática, trata-se de um conjunto de regras, que visa regulamentar e proteger a privacidade dos usuários na internet, a inviolabilidade da intimidade das pessoas, garantindo ao mesmo tempo a liberdade de expressão, de informação, de comunicação e de opinião de cada um.

De uma forma geral, a LGPD chega para “colocar ordem na casa”, tendo em vista que o Brasil já contava com algumas portarias, resoluções e normas referentes a proteção de dados pessoais na internet, porém faltava linearidade e conexão em alguns pontos.

e book display - LGPD: o que a nova lei impacta no marketing digital?

O que muda na prática com a LGPD?

A Lei Geral de Proteção de Dados no Brasil defende dez princípios básicos, no qual as organizações devem obedecer em relação ao tratamento de dados. Em resumo, vale destacar os principais deles que são o da finalidade, da adequação, da necessidade e da transparência.

Com base nisso, as empresas que costumam coletar dados de seus usuários precisarão, obrigatoriamente, adequar tal procedimento, transparecendo os reais objetivos e suas finalidades.

De uma maneira simplificada e com uma linguagem mais comum às suas estratégias de marketing digital, na prática, a sua empresa terá que adequar aquela velha lista de e-mails, telefones e outros dados coletados dos usuários, garantindo que os mesmos estejam cientes de seu uso e finalidade.

O mesmo vale para a forma que você pretende coletar novos dados de outros usuários. Com a LGPD, a sua empresa é obrigada a garantir a total transparência e uso correto das informações pessoais das pessoas.

E como a LGPD impacta nas estratégias de marketing digital?

Simples! Boa parte das estratégias de conversão de leads no marketing digital se baseia em ações que “convencem” o usuário a cadastrar alguns de seus dados pessoais “em troca” de algum material específico.

Vamos lá! Sabe aquela Landing Page com um formulário ao lado para fazer o download do seu e-book ou de um infográfico? Pois é! Justamente este tipo de estratégia que sofrerá mais impacto com a LGPD no Brasil.

E não para por aí! Qualquer ação de marketing digital que colete algum dado pessoal, mínimo que seja, já entra na “mira” da Lei Geral de Proteção de Dados.

De uma forma geral, é possível destacar algumas outras estratégias velhas conhecidas do marketing digital no Brasil e que precisarão ser revistas com a LGPD. Por exemplo, solicitar o cadastro do usuário para baixar algum material específico ou um aplicativo, coleta de e-mails para newsletter ou fluxos de nutrição, preenchimento de formulários para pesquisas, orçamentos etc.

Como fica o inbound marketing de minha indústria?

Por ser uma lei geral, a LGDP também engloba as ações de marketing industrial, ou seja, as estratégias de inbound adotadas pela sua indústria até hoje, certamente, sofrerão impactos com a mudança também.

Mas calma, a sua empresa não está sozinha neste barco! Muito mais importante do que simplesmente se adaptar às novas regras do “jogo”, é fundamental considerar a LGPD como uma necessidade de mudança de mindset.

Afinal, esse é o grande diferencial que o marketing digital se propõe a fazer! Em um mundo altamente dinâmico e com mudanças contínuas a cada dia, podemos garantir que a adequação às normas da LGPD está longe de ser o maior desafio das empresas mais maduras e com estratégias bem definidas.

Para entender melhor como a sua indústria pode tirar de letra esse assunto e tomar ações decisivas, obedecendo aos princípios básicos da nova Lei Geral de Proteção de Dados, confira as dicas valiosas que destacaremos no próximo tópico e as coloque em prática!

Ebook As melhores estratégias de Inbound Marketing - LGPD: o que a nova lei impacta no marketing digital?

Dicas para adaptar o seu negócio à LGPD

Especializada em marketing digital para indústrias e acompanhando as principais tendências do Inbound Marketing, nossa equipe se propôs a montar uma pequena lista de estratégias imbatíveis que toda empresa deveria seguir para se adaptar às mudanças da LGPD. Vamos conferir?

1. Escolha uma agência especializada

O primeiro passo para se adaptar às mudanças da LGPD é eleger uma agência de inbound marketing capacitada como a responsável pela a elaboração, execução e o monitoramento de suas campanhas de marketing digital.

Dê preferência sempre às empresas especializadas em nichos específicos, pois, comprovadamente, essa estratégia rende resultados mais focados e direcionados ao seu público-alvo.

Portanto, se atua no setor produtivo, invista em uma parceria especialista em marketing industrial!

2. Elabore uma política de consentimento e privacidade

O propósito da LGPD não é proibir ou impedir que as suas ações de marketing digital coletem dados pessoais dos usuários. Pelo contrário! A ideia é apenas regulamentar e dar mais transparência a esse tipo de estratégia.

Portanto, como dica, elabore uma política própria de consentimento e privacidade em sua empresa e trabalhe de forma a conquistar a segurança e a confiança de seus clientes.

3. Invista na criatividade

A criatividade sempre foi o principal diferencial para o sucesso das campanhas de marketing digital. Com a LGPD em vigor, isso se torna ainda mais nítido e necessário para as empresas.

Aquela velha Landing Page que obrigava o usuário a cadastrar os seus dados em troca de algum material, agora precisará ser, de fato, convidativa, atraente e convincente para que essa pessoa se convença que vale realmente a pena passar tais informações.

4. Seja cuidadosos e atente-se aos princípios da LGDP

Com a LGPD e a conscientização do público em relação a sua privacidade, cabe às empresas ficarem cada vez mais atentas aos princípios e aos direitos do consumidor.

Para isso é fundamental acompanhar as tendências e ficar de olho nas necessidades do mercado. Aqui, vale reforçar a importância de se trabalhar com uma agência especializada e com experiência em marketing digital.

Enfim, essas são algumas dicas e informações úteis sobre a nova Lei Geral de Proteção de Dados no Brasil, a LGPD. Apesar das mudanças previstas e dos possíveis impactos nas estratégias das empresas, o marketing digital continua sendo um fator fundamental para qualquer negócio nos dias de hoje e tal normatização apenas traz à tona uma necessidade se buscar, cada vez mais, por ações transparentes, direcionadas e focadas no público certo.

Gostou? Quer mais dicas? Então, não deixe de conferir nosso próximo post e veja como o marketing digital é capaz de aumentar as suas vendas.

Saiba como aumentar as vendas no e-commerce com estratégias de marketing digital

Saiba como aumentar as vendas no e-commerce com estratégias de marketing digital

Qualquer empresa, seja ela pequena, média ou grande no mercado nacional, precisa de estratégias específicas para alavancar as vendas e se destacar dentre os concorrentes.  Então, quando falamos de e-commerce, é fundamental que tenhamos em mente quais são os melhores métodos relacionados ao marketing digital para alavancar as vendas. 

Analisado isso, é possível chegarmos a conclusão de que o marketing digital é um grande aliado capaz de tornar sua loja mais rentável. Além disso, a empresa ficará em evidência nas principais páginas de pesquisas online. 

É claro que cada tática que envolve este tipo de trabalho busca resultados distintos, porém, ambos podem ser aplicados nos mais diversos segmentos. 

Se conecte e utilize o remarketing

Sabe quando você está navegando no google ou até mesmo em uma rede social e, ao passo que movimenta a tela vai surgindo anúncio de produtos pela página inteira? Esse método é conhecido como remarketing ou retargeting.

É importante lembrar que, todo o processo acontece a partir de um carrinho abandonado em algum site de compras ou por pesquisas em sites como o Google. A estratégia é fácil: fazer com que o cliente relembre o produto que está desejando a fim de aumentar as vendas.

Normalmente, este tipo de estratégia é feita pelo Google, inserindo anúncios do seu produto em sites relacionados. Outra forma de se destacar com este método é pelo Facebook, capaz de disparar diversos anúncios enquanto potenciais clientes navegam pelo feed. 

Os serviços de uma empresa de reciclagem de eletrônicos, por exemplo, conseguiria destaque em proporções consideráveis.

Aposte em ferramentas como o Google Adwords

A ferramenta de pesquisa de palavras fornecida pelo Google é uma forma bem simples e eficiente de aparecer nas pesquisas feita na internet. Talvez este seja a ferramenta mais eficiente para você que atua com e-commerce. 

O Adwords, por exemplo, é descrito por especialistas da área como um anúncio focado em palavras-chave, funcionando, assim, como leilão virtual. É simples, se você decide abrir um estabelecimento que trabalha com etiquetas no geral, é comum que pessoas interessadas procurem por palavras específicas, como “etiquetas personalizadas.

Logo, quando você ou alguém da sua equipe entra no Google e decide dar um lance nesta palavra-chave, a mesma será associada ao produto da sua empresa. Vale ressaltar que se o potencial cliente clicar neste anúncio, você ficará encarregado de pagar à plataforma o valor fixado anteriormente.

O e-mail marketing é fundamental

Um dos métodos mais clássicos do marketing digital, o e-mail marketing é fundamental para o bom desempenho do seu e-commerce. É por meio deste método que você pode possibilitar ao cliente o recebimento de informações chaves como promoções e condições exclusivas

Esta estratégia é o melhor canal para que sua empresa tenha o sucesso esperado e se destaque das demais. Porém, para que dê certo e seja eficaz é importante segmentar o público que você quer atingir e criar promoções interessantes para aumentar a interação dos clientes com sua marca. 

Uma empresa de cabos elétricos, por exemplo, consegue adquirir novos clientes apenas elaborando um bom e-mail marketing.

Outra forma muito eficiente de utilizar o e-mail marketing é com o objetivo de melhorar sua taxa de conversão em caso de desistência da compra ou abandono de carrinho feita pelos clientes. Neste caso, é comum empresas enviarem um lembrete ao consumidor com os produtos que ele abandonou para que, assim, o convença a finalizar a compra. 

Faça do seu e-commerce o melhor do mercado

É impossível falar de e-commerce de sucesso e não pensar automaticamente em marketing digital. Isso porque ele é fundamental para aumentar as vendas da sua empresa. Mas calma, antes de qualquer coisa avalie quais estratégias pretende adotar para atingir suas metas e atender o mercado da melhor forma possível. 

A união do e-commerce com o marketing digital tem dois grandes objetivos bem claros: melhorar a comunicação da empresa com os clientes é, tão importante quanto, impulsionar as vendas.

Agora que você já sabe como bombar o seu e-commerce, que tal começar o investimento? Para dar continuidade em sua estratégia, conheça os principais benefícios do Inbound Marketing para seu e-commerce! 

Ebook As melhores estratégias de Inbound Marketing - Saiba como aumentar as vendas no e-commerce com estratégias de marketing digital

Livros de marketing essenciais para ler

Livros de marketing essenciais para ler

Todo os anos temos metas traçadas, objetivos para alcançar, sonhos para realizar. O livros fazem parte da nossa vida, do nosso dia a dia. 

Mas para quem busca livros de marketing, existem inúmeros que devem fazer parte da lista pessoal de cada profissional que faz parte dessa área do marketing para ler.

Mas gostaríamos de saber, você já escolheu os livros que irá ler para agregar conhecimento nesse mundo tão fascinante do marketing

Que tal se desafiar e começar a ler. Te desafiamos a ler 7 livros de marketing de maiores especialistas na área do marketing, que são essenciais para quem busca conhecimento nessa área e quer se manter atualizado. 

A estratégia do Oceano Azul (Renée Mauborgne e o coreano W. Chan Kim)

a estrategia do oceano azul renee mauborgne e o coreano w chan kim - Livros de marketing essenciais para ler

O livro de 2005, proporciona ao leitor um conceito de negócio. Uma das lições que esse livro de marketing contém, é que, para superar a concorrência, a melhor forma é superá-la! Ir em busca de novos oceanos. 

Para os profissionais de marketing, é uma ótima opção para quem busca uma estratégia para a empresa, a qual almeja espaço e crescimento. 

A cauda longa (Chris Anderson)

Chris Anderson aborda neste livro como o marketing tem que se adaptar à mudanças de uma cultura com diversos nichos.  

O best seller mostra as formas interessantes de economia de mercado em um mundo onde muitas pessoas estão conectadas em redes sociais, sites, e-mails, entre outros meios. É um dos livros de marketing que com certeza deve conter na sua lista.

Marketing 3.0: um novo marketing, para um novo consumidor (Philip Kotler, Hermawan Kartajaya, Iwan Setiawan) 

Considerado o pai do marketing, Philip Kotler traz nesse livro a evolução do marketing nos últimos anos. Ele dividiu nos seguintes tópicos: tendências, estratégias e aplicação. 

Este é um daqueles livros de marketing que proporciona ao leitor informações e argumentos, com uma abordagem mais humanizada, se baseiam em pesquisas que revelaram a evolução do comportamento de consumo.

Os clientes atuais, ditos modernos, não buscam apenas o produto e o preço, mas procuram comparar os benefícios, as vantagens, e os resultados que são gerados por ele.

Esse livro entra assim para a nossa lista de livros de marketing essenciais, bora anotar aí para ler ele e ficar pode dentro desse conceito! 

Marketing 4.0: do tradicional ao digital (Philip Kotler, Hermawan Kartajaya e Iwan Setiawan)

marketing 4 0 do tradicional ao digital philip kotler hermawan kartajaya e iwan setiawan - Livros de marketing essenciais para ler

Como o próprio título já diz: do tradicional ao digital, o Pai do Marketing, Philip Kotler com mais dois autores analisaram essa transição tão importante para esse meio com esse livro sobre Marketing 4.0

É um dos livros de marketing que relata como a internet mudou a forma como vivemos. Além de dar dicas para quem procura entender os caminhos desse consumidor que está na era digital, proporcionando métricas e práticas de marketing novas. 

As armas da persuasão (Robert Cialdini)

Reciprocidade, compromisso e coerência, aprovação social, afeição, autoridade e escassez são algumas formas de gatilhos mentais que ativam partes do cérebros e instigam nas tomadas de decisões. 

Devem ser levadas em consideração na hora de construir uma estratégia de Marketing Digital. No livro, essas são as armas da persuasão segundo Robert Cialdini. 

Esse gatilhos podem ser acionados por meio de atitudes ou palavras que mexem psicologicamente a mente humana. 

A arte da persuasão não é enganar, muito menos manipular. Muito menos antiético. Um dos livros de marketing que com certeza deve estar na sua lista! 

Marketing de conteúdo (Rafael Rez) 

marketing de conteudo rafael rez - Livros de marketing essenciais para ler

Quer entender mais sobre marketing de conteúdo? Esse livro é essencial para o seu conhecimento. Rafael Rez aborda que a moeda que compra o tempo nos dias de hoje é conteúdo. 

É um livro de fácil leitura e entendimento, além de ser fundamental para quem ainda não sabe da importância e para o que serve o marketing de conteúdo.

Marketing de A a Z: 80 conceitos que todo profissional de marketing precisa saber (Philip Kotler).

Esse livro é aquele que estimula a leitura e quando vê já terminou. Se você é profissional do marketing ou está começando nesse meio, deve ler este livro.

Explica os conceitos mais importantes e fundamentais dessa disciplina.O autor lança o olhar do profissional, do presente para o futuro. Ele fala das mudanças no setor do marketing e como acompanhá-las. 

Esse são alguns do melhores livros de marketing, porém existe uma infinidade que podem fazer parte da nossa lista. E aí, nos diga, já leu algum desse livros? Tem algum que marcou a sua história ou carreira profissional? A lista de livros sobre marketing digital é extensa, e com certeza você deve sempre se manter atualizado. 

Faça cursos, participe de palestras, leia livros, busque conhecimento em qualquer circunstância. Se teve algum livro que não foi citado nessa lista, comente ou deixe sua opinião. 

Se você quer continuar por dentro do marketing digital, leia o nosso post sobre os principais eventos de marketing digital que todo empresário precisa ir.

ebook guia de buyer persona - Livros de marketing essenciais para ler

 

Pin It on Pinterest