A inteligência artificial está invadindo, gradualmente, diversas camadas produtivas da sociedade. Hoje em dia, tornou-se comum a identificação da tecnologia inserida na nossa rotina.

Ciente disso, o SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial), o SESI (Serviço Social da Indústria) e a Microsoft se reuniram para alinhar os valores dos perfis jovens, de hoje em dia, para capacitá-los desde cedo com esse tipo de tecnologia.

Para isso, foi assinado um acordo de cooperação que visa o apoio à educação e capacitação de mão de obra. Ou seja: uma qualificação em inteligência artificial que começa cedo, para os futuros profissionais do setor industrial.

Quer saber mais a respeito? Basta seguir com a leitura deste post!

[E-Book] As melhores estratégias para aumentar as vendas na indústria | Agência Labra

A inteligência artificial

Tecnologia focada na automatização de processos e no contínuo aprendizado, a inteligência artificial tem agregado muito à indústria e também a outros setores produtivos.

Afinal de contas, esse processo confere aos equipamentos e maquinários a capacidade de identificar melhorias contínuas com base no seu próprio fluxo. É como se os robôs aprendessem, de fato, com o hábito de suas rotinas.

Como resultado, a indústria adquiriu mais produtividade com um uso mais consciente e estratégico de recursos. Além disso, a mão de obra foi reposicionada para uma área de planejamento, considerando que as máquinas conseguem realizar as atividades mecânicas e repetitivas com agilidade e precisão.

A parceria entre SESI, SENAI e Microsoft

É aí que entra o grande valor da parceria comercial que mencionamos na abertura deste artigo. Cientes de que o mundo está em constante transformação — e em ritmo acelerado —, os três órgãos assumiram a frente para a capacitação de jovens em inteligência artificial.

A principal medida, nesse sentido, foi apresentada desde o dia 12 de março, quando quatro cursos gratuitos foram disponibilizados no site Mundo SENAI.

Em tempos de indústria 4.0 — a revolução digital na indústria —, os cursos despontam como um diferencial e tanto para os interessados não apenas em inteligência artificial, mas no crescimento do setor como um todo.

Isso porque a plataforma digital pode ser acessada por alunos da rede do SENAI e também do SESI. Um complemento fundamental para a lapidação dos futuros profissionais do setor.

Quem fez o anúncio foi a Satya Nadella, CEO da Microsoft, em um evento focado em inteligência artificial. Estiveram presentes, também, Rafael Lucchesi — diretor-geral do SENAI e superintendente do SESI — e a presidente da Microsoft no Brasil, Tânia Cosentino.

Os cursos oferecidos em inteligência artificial

Os primeiros cursos que foram disponibilizados na plataforma são os seguintes:

  • Introdução à inteligência artificial;
  • Introdução à ciência de dados;
  • Fundamentos da ciência de dados;
  • Desenvolvimento de soluções com serviços cognitivos Azure, bot e IoT.

A ideia é que, ao longo dos próximos meses, mais cursos sejam disponibilizados, permitindo uma amplitude precisa nos conhecimentos dos jovens. Alguns exemplos do que está previsto: cursos para a visão computacional em IA e chatbots, entre outros.

Nós temos uma enorme oportunidade de gerar avanços em tecnologias digitais – e especificamente em IA – para empoderar cada pessoa e cada organização no Brasil a conquistar mais”, Satya Nadella revelou, à ocasião.

Os cursos oferecidos em inteligência artificial

Segundo ela, “ (…) estamos comprometidos em assegurar que todos os brasileiros se beneficiem desses avanços, e é por isso que hoje estamos anunciando uma parceria com o SESI e o SENAI para disponibilizar aos mais de 3 milhões de estudantes treinamento em habilidades de IA contribuindo para capacitá-los para os empregos do futuro”.

Nesse cenário contemporâneo em que tudo se assimila à realidade on-line — como o marketing digital para indústrias —, esse esforço humano para capacitar a mão de obra do futuro é elementar para o desenvolvimento do setor.

E, se você quer saber um pouco mais a respeito dos rumos que a indústria está seguindo para acompanhar as inovações tecnológicas, aproveite para conferir também nosso artigo que aponta as soluções apresentadas pelo SENAI para colocar o Brasil, definitivamente, no contexto da indústria 4.0!

Pin It on Pinterest

Share This