Hoje em dia, marketing e vendas não caminham mais, paralelamente, na mesma direção. Devido à transformação digital que ganha mais e mais espaço na sociedade, ambos os setores cruzaram as fronteiras e, agora, andam lado a lado na realização de novos feitos e no cumprimento de metas corporativas.

Até por isso, tornou-se mais comum a integração dessas áreas para que ambas possam estabelecer as suas necessidades, desafios e objetivos, para que um meio-termo seja definido, valorizando o desenvolvimento da empresa. E, quer saber? Foi uma verdadeira revolução para o mercado!

Confira, a seguir, como a transformação digital pode impactar nas vendas da sua empresa a partir dessa aliança entre o marketing e vendas!

[e-book] Indústria 4.0 e os desafios do setor | Baixar Gratuitamente | Agência Labra

O que é a transformação digital?

Trata-se de um termo amplo, mas aplicável ainda neste início de século 21. A transformação digital se consolidou como a mudança de processos de uma empresa — tanto internamente quanto para se relacionar com a sociedade em geral.

Por exemplo: a mudança das máquinas de escrever analógicas para os computadores foi um passo significativo de transformação digital. Só que, na virada do último século, isso se estendeu aos processos adotados para o dia a dia.

Saem os arquivos pesados e bagunçados de papéis, por exemplo, e entraram as tecnologias de armazenamento na nuvem e de softwares de gestão. Os treinamentos de capacitação presenciais cederam espaço para as possibilidades de uso da inteligência artificial e da realidade aumentada. O marketing digital entrou, de vez, no DNA das empresas interessadas em atrair clientes, fidelizá-los e vender mais.

Esses são apenas alguns exemplos do que a transformação digital possibilitou — e tem possibilitado — nos últimos anos, com resultados que despertaram o interesse de empreendedores de todos os ramos.

O que isso impacta?

Com a agilidade promovida pelas soluções tecnológicas, toda a sociedade rumou para uma nova maneira de interpretar e relacionar-se com o tempo.

Um exemplo simples: os e-mails reduziram o tempo de resposta de uma interação à distância, assim como as assinaturas digitais abreviaram a necessidade do tempo de espera para um documento ir e vir para coletar as assinaturas de todas as pessoas envolvidas em uma negociação, por exemplo.

Dentro do contexto de transformação digital, temos também o Big Data, cujo conceito se baseia na absorção do volume intenso de dados virtuais gerados constantemente pelos usuários.

No marketing digital, isso se tornou fundamental para avaliar o perfil e os hábitos e comportamentos do seu público-alvo, o que se converte também em mais agilidade, produtividade e precisão na tomada de decisão.

Só que os efeitos da transformação digital passa por uma série de outros elementos. Abaixo, alguns dos principais deles:

  • A inovação na maneira de vender seus produtos. Redes sociais, sites e e-commerces são ferramentas versáteis para explorar a interação com o público e agregar novas oportunidades de negócios;
  • A experiência de compra do cliente também se aprimorou. Destacamos, acima, o uso do Big Data para isso, o que consiste em identificar toda a jornada de compra e o funil de vendas do cliente e, assim, aprimorar os seus serviços para solucionar os desafios e dificuldades que ele enfrenta até chegar à tomada de decisão (a compra);
  • Processos otimizados, permitindo mais organização e produtividade às empresas sem que, com isso, altos investimentos sejam feitos em infraestrutura, mão de obra e mais etapas no fluxo de trabalho;
  • Capacidade analítica e estratégica, já que os dados gerados na internet, com base em nossos comportamentos ao navegar, oferecem insights que eram muito mais difíceis de quantificar e qualificar, antes da transformação digital. Aqui vale, inclusive, um paralelo para perceber como marketing e vendas passaram a ser melhor integrados;
  • A cultura empresarial também foi impactada. Hoje, a rigidez de processos ou mesmo de hierarquização profissional não cabem de maneira tão simples no contexto da transformação digital. É só pensar que, hoje em dia, as pessoas conseguem exercer as suas atividades profissionais de qualquer lugar, a qualquer hora, sem a exigência de estar no mesmo ambiente de trabalho do que os seus colegas de equipe.

Como consequência disso, as empresas estão ainda se adaptando às impactantes mudanças em suas estruturas e processos a fim de fazer uso potencial da transformação digital e seu benefício.

Quais tecnologias investir?

Quer saber como a transformação pode ser aplicada — ou já faz parte da — em sua rotina? Confira algumas tecnologias que já permitem essa aproximação qualitativa com a revolução digital na sua empresa!

Big Data

Empresas que querem colocar o seu site no topo do Google, identificar os objetivos, avaliar métricas internas e externas ou mesmo amparar-se em soluções tecnológicas de marketing digital vão estar associadas ao Big Data, invariavelmente.

Convém, apenas, compreender quais são os elementos que facilitam esse trabalho, já que softwares em geral já têm o Big Data enraizado nos DNAs de seus respectivos programas.

Para o marketing e vendas, isso significa uma qualificação maior na hora de intercambiar as informações, permitindo que os vendedores entendam melhor a demanda do seu público-alvo, e possam repassar os feedbacks ao marketing, para que as estratégias evoluam continuamente.

Marketing digital

Grande inovação do mercado, o marketing digital mudou a maneira de pensar a relação com o consumidor e clientes em potencial.

Para tanto, as empresas devem se atentar às grandes tendências do setor, bem como na contratação de agências e/ou profissionais que entendam essa transição, e consigam aplicar as técnicas e tecnologias para garantir novos diferenciais competitivos para a sua marca.

[e-book] As melhores estratégias para aumentar as vendas na indústria | Baixar grátis | Agência Labra

É o exemplo acima colocado em prática: o marketing digital chegou para unir a empresa, como um todo. Isso inclui, é claro, marketing e vendas que passaram a olhar na mesma direção e para o mesmo lugar, ao mesmo tempo.

Inteligência artificial

Tecnologia que se baseia no conceito de contínuo aprendizado de softwares, a inteligência artificial está presente em muitas soluções, atualmente.

Por exemplo: no maquinário industrial, ela está constantemente em monitoramento para identificar, no processo, maneiras de otimizar e, assim, realizar o mesmo trabalho, mas com menos esforço, tempo e uso de recursos.

Fundamental, portanto, para que o empreendedor mantenha a produtividade em ascensão sem que, com isso, desgaste os seus funcionários e também os equipamentos. Mais lucratividade em menos tempo.

Realidade aumentada e realidade virtual

Por fim, vale destacar o uso de ambos os tipos de simulações digitais — a realidade aumentada e a realidade virtual — no dia a dia corporativo.

No geral, elas têm sido consideradas em treinamentos e no dia a dia, para facilitar o trabalho de sua equipe ao lidar com essa transição funcional entre os meios físico e digital.

Inclusive, toda a ideia de transformação digital está intrinsecamente ligada à maior revolução industrial dos últimos anos. Para saber mais a respeito, aproveite para baixar gratuitamente o nosso e-book que fala tudo a respeito da indústria 4.0 e os seus desafios no setor!

Pin It on Pinterest

Share This