Público-alvo se tornou uma das questões mais repercutidas no marketing digital. Se não por esse termo, talvez por Persona— ou mesmo buyer persona.

Em tese, são todas facetas de um mesmo objetivo na construção de estratégias de Inbound Marketing: definir o público ideal e, assim, elaborar as melhores práticas para atrair esse consumidor que pode encontrar necessidade em suas soluções.

Claro que isso é apenas um resumo da relevância em estabelecer a persona de sua empresa. Por isso, ao longo deste post vamos avaliar o que são as buyer personas e o que elas podem fazer para impulsionar o seu negócio!

O que é Persona

Identificar o público-alvo é um trabalho que demanda tempo e atenção às movimentações do mercado. Quem, afinal de contas, pode se interessar pelo que você tem a oferecer?

Com isso, uma pesquisa em seu setor de atuação se faz necessária para colher informações de todo tipo, como:

  • O comportamento de consumo dos clientes em potencial;
  • As características demográficas;
  • Suas motivações;
  • Objetivos;
  • Desafios e preocupações.

Isso tudo ajuda a criar a Persona: uma representação fictícia do seu público-alvo. Uma etapa fundamental para que você consiga abordar, interagir e se relacionar com usuários anônimos, na internet, até que se tornem clientes em potencial.

Diferença entre público-alvo e Persona

Embora sejam muito similares, ambos os conceitos divergem. Confira a diferença:

Público-alvo:  mulheres, de 20 a 35 anos, recém-casadas, graduadas em engenharia, com renda mensal de R$ 2.500;

Persona: Juliana tem 29 anos, é engenheira e recém-casada, deixando-a preocupada com os rumos de sua carreira para complementar a renda. Está em busca de uma empresa que ajude-a a organizar sua rotina de trabalho com soluções práticas e acessíveis.

E, caso ainda não entenda a relevância disso, vale observar o poder de segmentação do e-mail marketing, por exemplo. Com ele, você envia campanhas personalizadas para diferentes perfis de consumidor, tornando suas campanhas mais assertivas.

Outras possibilidades estratégicas com a buyer persona

No Inbound Marketing, a questão central está no envio da mensagem certa, para a pessoa certa, e no momento certo. Como a buyer persona é um perfil inicial do seu público-alvo, você já tem um dos elementos dessa equação estipulado.

As etapas seguintes consistem em elaborar a mensagem e definir o momento ideal, portanto. E isso se dá por meio de algumas ações:

  • O tipo de linguagem adotada em sua empresa, interna e externamente;
  • O tom e o conteúdo de suas publicações — seja no site, blog ou nas redes sociais;
  • Em qual(is) rede(s) social(is) você vai concentrar a sua produção de conteúdo;
  • As palavras-chave essenciais para a construção de sua estratégia.

Viu como ter a sua Persona definida abre caminho para tornar sua campanha mais eficiente? A buyer persona é um caminho meio andado para trazer resultados satisfatórios às suas estratégias de Inbound Marketing.

Do contrário, você pode estar produzindo conteúdo para quem não demonstra interesse em suas soluções. Ou, pior: conteúdos de qualidade dos quais o seu público-alvo dificilmente vai encontrar, em suas pesquisas on-line.

Enriqueça os resultados de suas estratégias on-line

O próximo passo consiste em encontrar o momento ideal para disparar as suas mensagens. Para isso temos a jornada de compra de sua Persona, e a melhor estratégia para construir o relacionamento com esses clientes.

Para analisar, na prática, como isso funcionaria em suas ações de Inbound Marketing, convidamos você a baixar, gratuitamente, o nosso e-book com 101 dicas para trazer resultados às suas estratégias de marketing digital!

 

Pin It on Pinterest

Share This