O marketing digital ainda está esticando o seu alcance no mercado, mas ele já está há um bom tempo sendo desenvolvido. Prova disso é que o Google AdWords, uma das ferramentas mais necessárias para a elaboração e o monitoramento de estratégias, chega à maioridade legal em 2018.

Criada em 2000, a plataforma já passou por uma série de modificações. Em especial, como consequência da vasta popularidade das ações de marketing digital e a entrada de empresas de todos os portes e segmentos ao jogo.

E, como o SEO é uma ação em contínua ascendência para divulgar melhor os diferenciais do seu negócio, neste post vamos falar mais sobre o Google AdWords. Confira, e entenda a sua relevância para compor cada uma de suas campanhas de marketing digital!

O que é o Google AdWords

A plataforma é uma das grandes aliadas do empreendedor e de agências especializadas em marketing digital. Afinal, ela concentra os dados e informações necessários para estar ao alcance do seu público-alvo. Sem falar que representa uma enormidade representativa no lucro do Google.

Isso porque é possível montar campanhas por meio dos mecanismos de busca — nos resultados orgânicos das pesquisas on-line — e também com a elaboração de links patrocinados. Essa diversidade de ações faz com que o empreendedor invista de acordo com as suas necessidades, orçamento e objetivos.

As mudanças ocorridas no Google AdWords

Por ser a “galinha dos ovos dourados” do Google, o AdWords apontou uma série de mudanças, ao longo do tempo. As mais recentes dizem respeito à remoção de Links Patrocinados de texto, anteriormente exibidos na lateral dos resultados de busca. A ideia é alocar, no espaço, mais retornos de anúncios do Google Shopping.

Além disso, mais resultados de Links Patrocinados passam a surgir na parte superior da página. Isso permite uma competitividade maior entre os anunciantes, o que também pode influenciar nos custos para investir nessas campanhas.

Engana-se, no entanto, quem vê nisso uma simples tentativa de encarecer os produtos. Isso porque o Google AdWords também teve uma mudança significativa no algoritmo que determina a posição dos anúncios — tanto na lateral quanto no topo das páginas.

Até então, ele era formulado a partir do lance máximo por CPC, que é estimulado pelo usuário, e o índice de qualidade — referente ao anúncio e à sua respectiva página de destino. Era assim que empresas de todos os portes competiam em igualdade. Agora, para não perder esse fator, um novo elemento foi adicionado: as extensões de anúncio.

O que são as extensões de anúncio

Parte elementar do Google Meu Negócio, trata-se de mais uma maneira de otimizar o seu site e outras páginas a partir das pesquisas on-line. São as informações complementares que aproximam o público de um negócio com mais credibilidade, como o endereço de sua empresa e meios de contato — que aparecem na lateral da página, nos resultados das buscas.

Daí a relevância em ajustar as suas campanhas no Google AdWords com base nessas mudanças. Pois existem diferentes tipos de extensões, como:

  • Localização: exibe o seu endereço, telefone e a localização no mapa;
  • Chamada: são usadas para exibir anúncios em dispositivos portáteis, possibilitando a ligação direta para a sua empresa com um toque em botões específicos;
  • Sitelinks: linkagem direta para o site de sua empresa;
  • Redes sociais: aponta as últimas atualizações em suas redes sociais.
  • Aplicações: permite que o usuário baixe seus aplicativos diretamente dos resultados da pesquisa;
  • Comentários: destaca as últimas avaliações que o seu negócio recebeu.

Deu para perceber como essas mudanças são de grande impacto para suas ações de marketing digital? E, principalmente, para se relacionar com muito mais qualidade com o seu consumidor?

Agora, para complementar a qualidade de suas atuais campanhas de marketing digital, confira também a importância e as nossas dicas para você criar um blog estruturado!

Pin It on Pinterest

Share This