O trabalho é árduo e contínuo com as mídias sociais, mas os resultados teimam em não aparecer? Já pensou que o motivo principal para isso pode ser o horário em que você programa as postagens no Facebook, Instagram e outras redes sociais?

Pois pode acreditar que isso faz toda a diferença para impactar o seu público-alvo. É algo similar — e com as suas devidas proporções — a uma loja varejista manter a sua vitrine arrumada apenas quando o shopping está com as portas fechadas.

Quer descobrir, então, como usar as mídias sociais de maneira estratégica e ainda mais eficaz? Basta seguir com a leitura deste post!

A frequência de postagens é tão versátil quanto suas estratégias

Comecemos do óbvio: nem todo usuário do Twitter checa a rede social no mesmo horário em que ele usa, digamos, o LinkedIn. E isso influencia diretamente no planejamento da empresa e na abordagem para cada perfil de usuário.

Ao usar uma ou mais mídias sociais, portanto, atenção máxima às particularidades de cada uma delas. Ou seja: nada de se ater apenas às características que as tornam únicas, por exemplo:

  • a abrangência e versatilidade multimídia do Facebook;
  • o apelo visual do Instagram ou Pinterest;
  • o aspecto profissional do LinkedIn;
  • a micropostagem do Twitter de até 280 caracteres.

Entre outras. É importante saber também como o seu público-alvo se relaciona com cada uma delas para criar uma estratégia de conteúdo verdadeiramente alinhada ao perfil do usuário.

O que considerar a respeito da frequência de postagem

Abaixo, vamos falar rapidamente a respeito das principais mídias sociais e como elas podem ser usadas de maneira estratégica e precisa. Acompanhe:

Facebook

Claro que isso pode ser alterado de acordo com o engajamento de sua audiência, mas a média de postagens diárias na rede social mais usada do mundo é de uma vez por dia.

Essa é uma recomendação padrão, da mesma maneira que a taxa de engajamento costuma ser maior de quinta e sexta-feira — e entre 13h e 15h. Destaque também a um dado curioso: o site de análises Buffer App destaca que, aos finais de semana, o engajamento do consumidor é 32% maior. Boa dica para programar suas postagens, portanto.

Instagram

Uma publicação pro dia costuma ser a média recomendada para o Instagram também. Lembrando, apenas, de mexer nessa periodicidade se houver um engajamento maior ou menor de sua audiência. Lembre-se que o planejamento digital é flexível e pode ser modificado a qualquer momento, de acordo com a resposta do público.

Twitter

Similar ao Facebook, o Twitter também gera boa taxa de engajamento aos finais de semana. Só que vale a máxima das mídias sociais: se isso não se aplica ao engajamento de sua audiência, trabalhe de acordo com o perfil dos seus usuários.

Além disso, convém analisar também os horários de postagens, que se mostra mais relevante às 17h para obter uma taxa de RTs (retuítes) maior.

LinkedIn

O “horário de pico” do LinkedIn é entre 10h e 11h — com prevalência de uso às terças-feiras. Por isso, atenção para compor uma estratégia de postagens profissionais nessa taxa de horário, e verifique como a sua audiência responde à frequência e periodicidade dos conteúdos publicados.

Quer saber um pouco mais a respeito desse assunto e gerar resultados ainda mais promissores com as mídias sociais? Então, não deixe de conferir o nosso infográfico que aponta a vida útil, em média, de cada postagem nas principais redes sociais!

Pin It on Pinterest

Share This