Nas etapas do funil de marketing, dois aspectos são determinantes para que você consiga destacar a sua marca por meio do relacionamento com o cliente: seu planejamento com a retenção de usuários e a análise de resultados.

Ambas têm o potencial para você aprofundar-se nas ações planejadas para o seu público-alvo e identificar novas oportunidades por meio delas.

Por isso, neste post vamos entender como o seu funil de marketing só tem a se beneficiar a partir do uso da retenção e da análise em suas campanhas de marketing digital. Confira, e inspire-se em nossas ideias para impactar a sua audiência com ainda mais qualidade!

O que é a retenção no funil de marketing?

O marketing digital tem muito de suas raízes no poder de atração do seu consumidor ideal até as suas páginas. Acontece que só isso não se configura em resultados consolidados.

Afinal de contas, sem o devido acompanhamento, o público migra para empresas que insistem nesse relacionamento, acompanhando-o em todas as etapas da sua jornada de compra.

Daí, a fundamental participação do processo de retenção no seu funil de marketing: essa métrica é o diferencial que gera uma avaliação precisa do quanto a sua empresa está dedicada em fisgar, continuamente, o interesse da sua audiência.

Um exemplo disso no funil de marketing: digamos que, após um trimestre, você queira avaliar a quantidade de assinantes de sua newsletter e constatou que um em 20 usuários fez o cancelamento no período.

Logo, a taxa de churn (número de cancelamentos) é de 5%. A partir daí, você pode trabalhar para reduzir ou manter esse número estável a partir da análise — que falaremos a respeito mais adiante — dois fatores que levaram o usuário a cancelar a sua assinatura.

Antes de seguirmos com o artigo, caso queira saber mais a respeito da retenção, no funil de marketing, temos um vídeo bastante explicativo a respeito. Dê uma conferida aqui!

Quais ações de retenção funcionam no funil de marketing?

No marketing, o custo de retenção de um cliente é potencialmente menor do que o investimento necessário para atrair novos clientes.

Portanto, focar na retenção é um diferencial e tanto para a sua marca ter um funil de marketing personalizado e alinhado às expectativas do seu público.

Para facilitar essa jornada, confira algumas ações de impacto para garantir um relacionamento qualitativo com o seu consumidor ideal:

Entenda o seu público

Você já conhece o seu público-alvo, compreende como os seus produtos ou serviços sanam os problemas dele e os diferenciais de sua marca?

Pois então, coloque esses objetivos em perspectiva para toda a sua equipe — marketing e vendas, principalmente — para criar uniformidade ao discurso e à abordagem.

Assim, a relação com o consumidor é valorizada, o que confere um nível de personalização maior. E, consequentemente, aproxima a sua marca ainda mais de cada cliente em potencial.

Tenha estratégias em curto, médio e longo prazo

No marketing digital é necessário planejar-se em diferentes períodos: ações de impacto imediato, em médio prazo e em longo prazo.

Com isso, sua empresa se organiza para acompanhar o consumidor em todas as etapas de sua jornada de compra, e sem queimar etapas.

Sem falar na importância desse planejamento completo: nem sempre, você vai se deparar com um cliente que esteja nas fases iniciais de sua jornada. Isso exige que você já tenha mapeado todas as necessidades de sua audiência para impactá-lo onde quer que ele esteja no seu processo de compra.

Alinhe os setores de marketing e vendas

Lembre-se que marketing e vendas convivem com um ciclo contínuo de relacionamento: o primeiro nutre o segundo com informações qualitativas sobre os clientes em potencial.

Enquanto isso, os vendedores dão feedbacks constantes a respeito dos leads qualificados recebidos. São dados fundamentais para que as ações seguintes sejam mais precisas, personalizadas e assertivas.

Qual é a importância da análise no funil de marketing?

Só com base no que vimos, até aqui, já dá para ter uma boa perspectiva a respeito do processo de análise no funil de marketing.

Afinal de contas, sem isso as suas equipes não têm um norte para orientar-se e, assim, planejar ações de impacto para o seu público-alvo.

Não à toa, a análise de dados é um dos — se não o mais completo — diferenciais do marketing digital: a possibilidade de avaliar, em tempo real, a performance de suas estratégias para ajustá-las e, assim, aumentar ainda mais o ROI de suas ações!

É o tal do Big Data usado eficientemente pela sua empresa. Afinal de contas, o volume de dados gerados, hoje em dia, é imenso. E intenso!

Por conta própria, não conseguimos lidar com essa correnteza de informações digitais geradas a cada segundo. Daí, o uso de ferramentas de marketing que ofereçam relatórios precisos e alinhados aos seus objetivos para gerar a retenção de clientes e promover o relacionamento com a sua audiência.

O próprio churn que citamos, no início do artigo, é um bom exemplo de análise estratégica dentro do funil de marketing. O importante, aqui, é a identificação inicial das métricas mais relevantes para o seu objetivo principal.

Digamos, por exemplo, que você queira avaliar as postagens que mais despertam o interesse do seu público na fase de atração de clientes.

Isso significa que você vai focar boa parte de suas atenções nos dados gerados que organizem as ideias de suas equipes e permitam um esboço mais personalizado para impactar a sua audiência.

É aí que o marketing digital se diferencia por completo: a possibilidade de compreender e antecipar soluções para que o seu relacionamento com o consumidor seja contínuo, sólido e em constante desenvolvimento.

Para tanto, tenha em mente algumas questões para iniciar o processo de análise de dados no seu funil de marketing:

  • defina seus objetivos;
  • entenda a jornada do seu consumidor;
  • inicie a coleta de dados relativos aos objetivos e metas estabelecidos;
  • armazene os dados para avaliá-los;
  • analise-os e trace novos planos, reiniciando o ciclo.

Com base nesse fluxo, a sua empresa permanece em evidência, gera mais presença digital, constrói a sua autoridade no ramo de atuação e apresenta ao consumidor as melhores respostas às suas questões.

Mas não podemos parar por aqui: o funil de marketing está recheado de curiosidades para que você fortaleça suas ações digitais e construa uma parceria de sucesso com o seu público e consumidores em potencial.

Um exemplo disso: aproveite para conferir também nosso artigo sobre a etapa do relacionamento, no funil de marketing, e qualifique ainda mais as suas ações!

Quanto tempo dura a vida útil de um post nas mídias sociais?

Pin It on Pinterest

Share This