Trabalhar com marketing digital significa estar o tempo todo, de olho em novas tendências e mudanças mercadológicas. Afinal, da noite para o dia, a sua estratégia certeira pode ficar obsoleta.

E, aí, aquilo que era certo se torna, lenta e gradualmente, um erro. Por isso, ainda que você tenha uma série de ações personalizáveis, é importante saber exatamente o que tem contribuído, ativamente, para o contínuo enriquecimento da sua relação com o consumidor.

Por isso, para este post, vamos mostrar para você os erros mais comuns do marketing digital, para que você não comenta eles e, aprenda a construir uma estratégia cada vez mais imune a riscos e imprevistos. Confira!

1. Falta de planejamento de marketing digital

Planejamento: sem isso, o marketing digital da sua empresa é uma série de tentativas e erros — algo que não condiz com o seu DNA.

Afinal de contas, toda a estratégia do marketing digital consiste em identificar a mensagem ideal, para a pessoa certa e no momento certo. Com isso, é importante saber, exatamente, o que dizer e para quem dizer antes de tentar qualquer estratégia.

Comece, portanto, avaliando os seus objetivos com o marketing digital, além de diagnosticar os desafios e também os meios mais alinhados às suas metas para que cada campanha atinja o resultado proposto — e para que nada venha em decorrência do acaso.

2. Ausência de uma persona definida

Além do objetivo, o seu marketing digital não vai evoluir se, antes, você não souber quem é a sua audiência. O público-alvo da sua marca é também conhecido como buyer persona, e é por meio do conhecimento desse perfil que você compõe todas as suas campanhas.

Por exemplo: ao saber profundamente quem é o seu consumidor, você entende quais são os termos que ele mais pesquisa, na internet, quais são os seus objetivos, necessidades, desafios e tipos de conteúdo que ele consome no dia a dia.

Como resultado, sua empresa pode compor todas as ações de marketing integrado com precisão.

3. A falta que faz uma jornada do cliente

Além do perfil do consumidor, destacamos acima a importância em saber as necessidades e desafios do seu público, certo? E todo esse percurso — entre descobrir que tem um problema à decisão de compra — é conhecido como a jornada do cliente.

No marketing digital, esse processo é definido assim:

  • Avaliação, que é a etapa na qual o seu cliente em potencial descobre que tem um problema e quer entendê-lo;
  • Consideração, que consiste na compreensão do problema e na busca inicial por soluções para resolvê-lo;
  • Decisão, que define o momento em que o seu cliente já sabe o problema e as soluções, bastando decidir-se pela sua empresa para auxiliá-lo.

Saber em qual etapa o seu consumidor está permite que se entenda o melhor tipo de abordagem. Não adianta empurrar os seus produtos e serviços, por exemplo, se esse cliente em potencial sequer saber qual é o problema que ele tem à frente.

4. Não investir em conteúdo qualificado

O marketing de conteúdo é um dos principais pilares do marketing digital. Por meio dele, tudo o que vimos aqui se traduz em soluções: a elaboração de conteúdos ricos e que respondam a todas as dúvidas do seu consumidor em potencial e que, lenta e gradualmente, vai convertendo-o em assíduo frequentador do seu site, blog e redes sociais.

Daí, inclusive, a importância mencionada em acompanhar os passos anteriores. O conteúdo é o rei do marketing digital, e ele só vai ser relevante se você conhecer, detalhadamente, tudo a respeito da sua persona.

Vale entender, ainda, que o marketing de conteúdo pode se desdobrar em diversos formatos de conteúdos, como:

  • Blog posts;
  • E-books;
  • Vídeos;
  • E-mail marketing;
  • Redes sociais — especialmente, aquelas em que os seus consumidores mais estão concentrados.

Isso tudo, é claro, baseando-se nas principais técnicas de SEO. Com isso, o seu marketing digital vai estar muito mais alinhado com as melhores práticas do mercado.

5. Não monitorar a performance de suas campanhas

Por fim, se existe uma lição valiosa de marketing e liderança que podemos deixar, é a seguinte: acompanhe o desempenho de suas campanhas com base nas métricas destacadas para os seus objetivos.

Com isso, não vai faltar tempo hábil para ajustar qualquer estratégia, avaliar novas ações e, inclusive, descartar o que não rendeu o esperado. Atente-se a esse ponto elementar para que as suas campanhas de marketing digital decolem e alcem voos cada vez maiores.

Quer ver um pouco mais sobre o assunto? Então, aproveite para entender, especificamente, como o marketing de conteúdo para indústrias pode ser uma campanha inteiramente diferenciada e personalizada para os seus negócios!

Pin It on Pinterest

Share This