O marketing industrial e a indústria 4.0 chegaram com um enorme peso no mercado, visando o uso de novas tecnologias para atrair, impactar e relacionar-se com o seu público-alvo.

E é por meio desse ímpeto de inovações e transformações que o empreendedor se viu em um caminho bifurcado: a assertividade na escolha dessas novas tecnologias.

Para facilitar a tomada de decisão, neste post vamos fazer um raio-x da indústria 4.0 e os fatores que permitem a você impulsionar os resultados com o uso de novas tecnologias. Confira!

O que é a indústria 4.0?

Não podemos falar de marketing industrial, atualmente, sem contextualizar a indústria 4.0. Ela nada mais é do que um novo marco revolucionário na indústria, pontuado principalmente pelo uso de novas tecnologias.

E, se pensarmos, assim foi com as outras 3 revoluções vivenciadas. Casos da produção em massa, das linhas de montagem e do uso de energia elétrica na produção.

Agora, com a Era Digital definitivamente consolidada na sociedade, temos essas novas tecnologias que fortalecem a produção do setor e, consequentemente, os resultados.

Até por isso, a indústria 4.0 desponta como uma revolução muito bem pautada em conceitos igualmente modernos, como:

  • operação em tempo real: a absorção e análise de dados ocorre de maneira simultânea, agilizando a tomada de decisão e o planejamento estratégico;
  • virtualização: não apenas no marketing industrial, mas em todos os setores de atuação. As novas tecnologias permitem um grau elevado de virtualização, permitindo uma integração maior com as demandas e infraestruturas físicas;
  • descentralização: passamos a conviver em sinergia com as novas tecnologias. Modulamos, flexibilizamos e otimizamos o fluxo de trabalho com as máquinas, que nos fornecem insights e cuidam de tarefas burocráticas, mecânicas e repetitivas;
  • orientação a serviços: cada vez mais alinhados às soluções tecnológicas que nos promovem orientações de uso, enquanto lidamos estrategicamente com o desenvolvimento da empresa;
  • modularidade: por fim, o alinhamento das novas tecnologias à demanda, necessidades e aos objetivos de cada empresa. O que vai nos guiar à relevância atual do marketing industrial nesse contexto.

Vamos ver, então, como essas ideias se moldam às práticas do marketing industrial?

Quais são as principais tecnologias da indústria 4.0?

Como estamos buscando autonomia e flexibilidade para lidar com as novas tecnologias, podemos identificar as seguintes soluções como as mais evidentes no marketing industrial e no contexto da indústria 4.0:

Automação

Menos força humana na realização de tarefas repetitivas e burocráticas. Se podemos programar as novas tecnologias para preencher dados, compilá-los e usar essas informações de maneira estratégica e assertiva, por que não fazer bom uso delas?

Não à toa, muitas soluções de marketing digital, atualmente, focam nessa programação de informações que aprendem, gradativamente, substituindo o elemento humano em questões que podem ser resolvidas sem o pensamento crítico inerente às nossas funções orgânicas.

Inteligência artificial

Para complementar o tópico anterior podemos destacar a inteligência artificial, que visa a simulação contínua de nossa capacidade de raciocínio.

É por meio dela e da automação que podemos observar, por exemplo, o crescimento exponencial das funcionalidades e recursos dos chatbots.

Big Data

Consumimos, em média, mais de 34 gigabytes por dia! Imagine isso em uma escala comercial, na qual estão inseridas as suas ações de marketing industrial?

Principais tecnologias da Indústria 4.0

Precisamos de novas tecnologias que absorvam, concentrem e compilem esses dados — volumosos e produzidos incessantemente —, e é aí que o Big Data se mostra uma das mais importantes desse momento de transição.

Internet das coisas

Eletrodomésticos, aparelhos e equipamentos funcionais, que dialoguem diretamente com as necessidades. Já vemos exemplos diversos disso, como o controle de aparatos à distância. Algo que a indústria automotiva também pode fazer uso em combinação com as novas tecnologias citadas anteriormente.

Segurança dos dados

Por fim, nada disso faria sentido sem uma preocupação extra com a segurança dos dados gerados. Além, é claro, de gargalos entre as suas demandas e as transmissões de informações digitais.

Quais são os desafios e expectativas do marketing industrial?

Com base nas informações anteriores, podemos destacar alguns desafios inerentes ao uso de novas tecnologias nessa indústria 4.0 que já desembarcou por aqui e em outros países.

Uma das questões é a própria economia brasileira, cuja participação na indústria tem sofrido alguns baques que impedem a progressão evolutiva do setor.

Só um exemplo: entre 2006 e 2016, a indústria brasileira sofre uma queda percentual de 7 pontos na sua produtividade. Algo que deve ser considerado em relação a todos os fatores que impulsionam, estagnam ou retraem um país.

No entanto, o enfoque de uso dessas novas tecnologias pode ser uma saída. Especialmente, no que diz respeito à sua fácil, rápida e acessível implementação.

De acordo com a ABDI (Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial), a redução de custos no setor, por meio da implementação de novas tecnologias, pode girar em torno de R$ 73 bilhões ao ano.

Um alento mais que bem-vindo para gerar novas oportunidades, aquecer o mercado e impulsionar a produção industrial. Valendo-se, também, das ações de marketing industrial para valorizar ainda mais as ações e o desenvolvimento local.

Como apresentar o setor com o marketing industrial?

Agora que já entendemos a ideia de indústria 4.0, os impactos do marketing industrial — bem como as novas tecnologias usadas para alcançar os resultados propostos — podemos entender a relação do setor com as ações de marketing.

Estamos diante de um novo modelo de negócios, em que a sua empresa pode criar presença digital para atrair consumidores. Diferentemente, por exemplo, das ações tradicionais de marketing.

Isso significa o uso de dados para conhecer o seu público, compreender as suas necessidades e alinhar os seus produtos e serviços à demanda dele.

Não à toa, o alcance do marketing industrial pode ser menor do que um anúncio na TV, por exemplo, mas a qualidade das pessoas impactadas é imensamente superior. Até por isso, o ROI do marketing digital é notoriamente bem visto no mercado.

Quer fazer um esforço produtivo para entender as novas tecnologias e avaliá-las nesse contexto produtivo fomentado pelo marketing industrial? Então, baixe gratuitamente o nosso material que explica, detalhadamente, como o inbound marketing pode gerar ainda mais vendas na sua empresa com base nas ações descritas neste artigo!

E-book Marketing Industrial: como gerar novas vendas - baixe gratuitamente!

Pin It on Pinterest

Share This