8 eventos de marketing digital que todo empresário deveria ir

8 eventos de marketing digital que todo empresário deveria ir

Como anda a sua agenda de eventos de marketing digital? Se você tem um tempinho para fazer novos contatos, inteirar-se a respeito das novidades e tendências do marketing digital e usar os insights para o desenvolvimento da sua empresa, então, você está no lugar certo!

Isso porque, ao longo deste post, vamos apontar para você os 8 eventos de marketing digital que têm feito a diferença para o mercado e os seus representantes. E convidamos você a nos acompanhar durante esta breve leitura. Quem sabe, talvez você identifique algumas boas oportunidades para agendar e enriquecer os seus conhecimentos em marketing digital?

[e-Book] As melhores estratégias para aumentar as vendas na indústria | Baixar Gratuitamente | Labra

A importância de participar de eventos de marketing digital

Como destacamos acima, os eventos de marketing digital podem gerar excelentes insights para a sua empresa. Pois, no geral, são ocasiões em que os grandes nomes do setor se reúnem para discutir as melhores práticas de divulgação, as tendências em marketing digital e agregar novos conhecimentos para colocar o seu site no topo do Google!

Sem falar na significativa oportunidade para se conectar com outros profissionais e, assim, colocar em prática as suas técnicas de socialização para formar novas parcerias e galgar o nome da sua marca no mercado de marketing digital.

Veja a seguir, então, os grandes eventos de marketing digital que você não pode perder, daqui por diante:

Os 8 principais eventos de marketing digital do país

1. RD Summit

Evento já tradicional no país, o RD Summit ocorre em Florianópolis, anualmente, e já tem estrutura para acomodar mais de 150 palestrantes em suas edições anuais!

Marque aí na sua agenda: em 2019, o evento já tem data marcada (6, 7 e 8 de novembro), e tem tudo para agregar novas ideias e oportunidades de negócio para a sua empresa e, assim, fortalecer o seu marketing digital.

2. Social Media Week

Um dos mais relevantes eventos de marketing digital, atualmente, expondo as grandes tendências das redes sociais, principalmente — que, convenhamos, têm enorme relevância em qualquer estratégia de marketing digital.

Em 2019, o evento vai tomar forma na capital paulista, entre os dias 9 e 13 de setembro. Aproveite para marcar em sua agenda!

3. Gartner Data and Analytics Summit

Evento que, a cada edição, se consolida como um dos principais do país — e assumindo a cidade de São Paulo como o palco de concentração de grandes especialistas de marketing digital para dialogar com aqueles que comparecem a esse encontro de grande porte do setor.

Entre as suas principais características, podemos destacar as melhores estratégias e tecnologias para aprofundar a qualidade de sua empresa na percepção e no monitoramento de métricas para qualificar ainda mais o seu marketing digital.

​​​​​​​4. FIRE Festival

Interessante considerá-lo, entre outros eventos de marketing digital, porque ele não se concentra apenas nas técnicas de divulgação, mas em toda a internet.

Consequentemente, você adquire um panorama mais completo dos rumos para os quais as grandes tecnologias estão rumando, ajudando a antecipar as mudanças que o mercado pode rumar, em curto ou médio prazo.

​​​​​​​5. Expo Digitalks

O Expo Digitalks é, sem dúvidas, um dos grandes eventos de marketing digital do país — em 2019, por exemplo, ele vai completar a sua décima edição.

Em geral, são quase 200 palestrantes convidados a compartilharem os seus conhecimentos com os presentes. Oportunidade ideal, portanto, para você se antecipar, garantir o seu ingresso e avaliar os assuntos em debate para chegar ao evento com todas as atrações devidamente mapeadas.

​​​​​​​6. The Developers Conference

Outro grande evento que não tem, diretamente, uma relação intrínseca com o marketing digital. Só que trata-se de um setor que se complementa fortemente com as ações e estratégias digitais da sua empresa.

Por exemplo: a conferência — uma das maiores do mundo em tecnologia — ajuda na avaliação do quanto as empresas (e onde) as empresas podem investir para obter mais assertividade nas suas estratégias.

​​​​​​​7. SXSW Conference & Festivals

Evento singular para quem gosta de marketing digital, mas também entende a relevância e o alinhamento dessa estratégia com outros segmentos criativos e artísticos, como a música e o cinema.

Convém avaliar as atrações convidadas, anualmente, para que a sua empresa assuma um lugar estratégico entre as grandes referências do seu ramo de atuação — e, isso tudo, aprendendo os rumos do mercado para aplicar as tendências mais relacionadas com os seus objetivos e o perfil do seu público-alvo.

​​​​​​​8. Inbound

Organizado pela Hubspot, esse é também um dos eventos de marketing digital mais relevantes do setor. Aproveite para dar uma conferida nos seus representantes e convidados, devendo fazer parte de sua agenda, definitivamente, para fazer novas conexões e ampliar os seus conhecimentos no assunto!

[e-book] Marketing Industrial: como gerar novas vendas | Baixar grátis | Agência Labra

E, por falar em eventos de marketing digital que devem fazer parte da sua agenda anual, não deixe de conferir também as inspirações obtidas no último Labra Insights realizado — e que foi um tremendo sucesso!

Seu site no topo do Google: Saiba como fazer

Seu site no topo do Google: Saiba como fazer

Ter o site no topo do Google se tornou um desafio incessante para os empreendedores em busca de mais presença digital. Não por menos: o consumidor procura na internet, primeiro, pelas respostas para os seus problemas.

Assim, as empresas que planejam as melhores ações estratégicas têm mais chances de se apresentar aos usuários como a resposta para eles. E, neste post, vamos conferir alguns dos métodos mais frutíferos para colocar o seu site no topo do Google. Se colocar à frente da concorrência. Acompanhe!

[e-book] Indústria 4.0 e os desafios do setor | Baixar Gratuitamente | Agência Labra

[e-book] Indústria 4.0 e os desafios do setor | Baixar Gratuitamente | Agência Labra

  1. Atenção às melhores palavras-chave

O uso de palavras-chave ainda influencia significativamente a posição do seu site no topo do Google. Para tanto, uma análise detalhada deve ser feita para compreender quais são os termos mais pesquisados pelo seu púbico-alvo e inseri-los, harmoniosamente, ao longo de suas páginas virtuais — como o site ou mesmo o blog dos seus negócios.

Assim, você consegue promover o uso dessas palavras para que o seu site retorne como os principais resultados da pesquisa dos seus clientes em potencial.

Vale destacar, ainda, que é importante usar essas palavras-chave não apenas distribuindo-as ao longo dos textos, mas nos títulos de cada página, nos cabeçalhos e também nos sub-cabeçalhos. Isso facilita a leitura e ainda confere um ranqueamento melhor dos artigos.

  1. Analise as ações da concorrência

Uma boa maneira de avaliar como colocar o seu site no topo do Google é a partir das ações de sua concorrência. Para isso, mantenha um olhar atento no que ela tem feito para se distanciar dos seus competidores.

Essa manobra serve tanto para saber quais estratégias surtem efeito, e podem ser personalizadas para os seus objetivos. Quanto para identificar carências geradas pelas ações dos concorrentes.

  1. Dependa de uma boa estratégia de conteúdo

O conteúdo é rei, no que diz respeito às ações para colocar o seu site no topo do Google. Artigos originais, relevantes e atrativos. Eles fazem toda a diferença para atrair um público qualificado e gerar tráfego para o seu site.

Dependa de uma boa estratégia de conteúdo

Para tanto, uma estratégia de conteúdo deve ser continuamente desenvolvida para garantir que essa relevância permaneça evidente nos artigos produzidos.

  1. Insira links internos

Além do conteúdo, propriamente dito, você também pode promover uma ação integrada por meio de links internos. Eles ajudam a mostrar a relevância do seu site para os mecanismos de busca. Consequentemente, seu site no topo do Google é uma questão de ajustes para alinhar.

Não apenas os links internos de suas páginas, mas também conteúdos relevantes de outros sites — como pesquisas e estudos. São os links externos que, quando vindos de fontes confiáveis e seguras, ajudam a melhorar o posicionamento de suas páginas no Google.

Além disso, convém avaliar o uso de ferramentas que ajudam a integrar as ações de marketing e conferir resultados ainda mais promissores! É o caso, por exemplo, do Google AdWords. Ele ajuda a reforçar tudo aquilo que comentamos ao longo deste artigo!

  1. Crie backlinks

Backlinks são os links que você direciona o usuário ao longo dos conteúdos que você desenvolve. E, para muitos empreendedores, o risco reside nesse aspecto.

E sabe por quê? Há quem pense que basta fazer um ou outro link, para os conteúdos que desejam ranquear melhor nos mecanismos de busca, e o trabalho está finalizado.

Só que o trabalho nunca chega ao fim, pelo contrário: ele é incessante. Isso porque os mecanismos do Google — para citar um exemplo — verificam também a periodicidade com a qual você produz conteúdos e faz os links.

Se cair na mesmice, e na ausência de novidade, seu site no topo do Google vai permanecer um sonho distante.

  1. Mantenha o site sempre atualizado

Falamos sobre isso no tópico acima: frequência e relevância são as palavras-chave para colocar o seu site no topo do Google. E o que você faz a respeito disso?

Sem uma boa estratégia de conteúdo, sua empresa não avança na relação com o usuário, não desenha o acompanhamento próximo de sua jornada de compra e, tampouco, ranqueia o seu site.

Construção de uma autoridade no mercado | Agência Labra

Só que você não precisa, necessariamente, inventar a roda para dialogar com o seu público-alvo. Quer um bom exemplo de trabalhar em harmonia com tudo aquilo que os mecanismos de busca valorizam? Atualize postagens já publicadas.

Um exemplo: em 2016, a sua empresa destacou uma série de dicas para o seu público-alvo aumentar as vendas. Agora, em 2019, você pode fazer uso da mesma postagem, atualizando-a com mais dicas (ou, quem sabe, mais atuais) para que esse artigo volte a ser bem ranqueado, colocando seu site no topo do Google. Dessa forma, você cria uma autoridade no mercado sobre seus produtos e serviços.

  1. Considere a velocidade do seu site

Além da jornada de compra e do funil de vendas, toda organização deve considerar a experiência do usuário, que é a maneira com a qual o seu site e redes sociais facilitam essa jornada de conhecimento.

E, inquestionavelmente, a velocidade de carregamento do site é um fator importante nesse processo. Não só para o usuário, mas para o Google posicionar as suas páginas como confiáveis e dignas de uma boa experiência de navegação para as pessoas.

Por isso, considere que você tem que lidar, diretamente, com as questões relativas ao carregamento veloz e eficiente das páginas do seu site. Por sua vez, uma experiência negativa é tão impactante para o ranqueamento do Google quanto para a confiança do consumidor em potencial.

Isso porque experiências negativas são agravantes em potencial. Se um usuário se sente lesado, e impedido de checar a informação que gostaria no seu site, ele vai — em segundos — para o resultado seguinte do Google. E pode ser a sua concorrência… Já deu para entender o desfecho disso, certo?

Algumas dicas que reunimos, então, para você melhorar a velocidade de carregamento de suas páginas e, assim, obter o seu site no topo do Google:

  • Use um servidor de qualidade, que ofereça boa resposta aos usuários;
  • Habilite o cache e a compressão de imagens;
  • Considere o uso de um serviço VPN para carregar o site com rapidez e evitar as quedas imprevistas.

Viu como é possível fazer a diferença sem muito esforço para colocar o seu site no topo do Google? Mas, espere: ainda temos uma última dica!

  1. Incremente a presença da sua marca nas redes sociais

Vamos lá: você sabe em quais redes sociais o seu público-alvo mais se concentra, atualmente? Essa resposta é determinante para que as suas estratégias de conteúdo impacte, diretamente, a demanda gerada pelo seu consumidor em potencial.

Além disso, esse tipo de engajamento e relação com os usuários é bem recebido pela tecnologia do Google e de outros mecanismos de busca. Consequentemente, sua presença digital é maior e contribui com que o seu site no topo do Google se torne uma realidade palpável em médio prazo.

Quanto tempo dura a vida útil de um post nas mídias sociais? | baixe gratuitamente | Agência LABRA

Aqui vão algumas dicas para você alcançar o sucesso dessa empreitada em pouco tempo:

  • Estimule o engajamento por meio de botões de compartilhamento nos seus conteúdos;
  • Solicite aos usuários que compartilhem esses conteúdos para que mais pessoas encontrem os seus artigos e se relacionem com eles também;
  • Ofereça materiais riscos em troca desse engajamento — como brindes e downloads gratuitos.

Quer saber, então, como colocar o seu site no topo do Google na prática, atrair mais clientes até o seu negócio e, ainda, gerar mais presença digital para a sua marca? Então, complemente os seus conhecimentos conhecendo uma empresa que, realmente, entende as suas necessidades.

Quer saber mais a respeito das melhores estratégias para colocar o seu site no topo do Google? Entre em contato conosco!

10 motivos para investir em marketing digital para indústrias

10 motivos para investir em marketing digital para indústrias

marketing digital para indústrias tem crescido cada vez mais e muitas empresas tem procurado agências especializadas para entender melhor o nicho de mercado, analisando seus problemas, desafios e dificuldades, para traçar as melhores estratégias digitais, alinhado com o objetivo da empresa.

Se você possui uma indústria e não sabe quais os métodos tomar para aumentar as oportunidades de vendas, esse é o conteúdo certo para você!

Nele, vamos abordar 10 motivos muito interessantes para você não ter medo de investir em marketing digital para indústrias. Vamos lá?

1. Autoridade online

Para ter acesso a qualquer coisa hoje em dia, as pessoas procuram a internet por meio de buscas online, como o Google, por exemplo.

Se a sua indústria não está bem inserida nos meios digitais, já está na hora de pensar nas estratégias de marketing digital para indústrias. Não somente a nova geração de empresas, mas também outras que estão buscando entrar neste universo tão promissor.

Contudo, é o ambiente ideal para sua empresa estar sempre visível e criar autoridade com os serviços ou produtos oferecidos, podendo alcançar o público-alvo desejado. Mas, isso só é possível criando estratégias especializadas com o marketing digital para indústrias.

2. Estratégias certas que segmentam o seu público-alvo 

Poder segmentar de acordo com seu nicho de mercado parece algo distante, não é mesmo? Mas usando as estratégias certas, o marketing digital para indústrias pode ser muito assertivo e, tornar isso realidade para sua empresa.

[e-book] As melhores estratégias para aumentar as vendas na indústria | Baixar grátis | Agência LABRA

Segmentar suas campanhas e direcionar ao público-alvo desejado é algo muito valioso e que gera muitas oportunidades qualificadas. Se você apontar para as pessoas certas, os retornos irão voltar com muito mais facilidade.

E é aí que entra a diferença entre utilizar o marketing digital ou o marketing tradicional, pois com o marketing digital você sabe para qual público está divulgando e permite tornar tudo mensurável, isso faz com que sua empresa acerte no nível de segmentação, tornando-as muito mais assertivas.

Com as estratégias digitais bem definidas, permitirá que sua empresa personalize ainda mais as ações e campanhas elaboradas. Como por exemplo, se você segmentar as ações para indústrias de jeans, você consegue criar campanhas e fazer anúncios que saciem as dores e problemas de determinada pessoa deste ramo.

A partir daí, seu público estará muito mais familiarizado com essas ações estratégicas de marketing digital para indústrias e, assim, os resultados poderão ser ainda melhores.

3. Mensure todos os seus resultados com facilidade

O marketing digital permite que você utilize diversas ferramentas de mensuração de dados, com elas é possível fazer uma análise do andamento das suas campanhas e dos resultados finais. Além disso, é possível acompanhar a jornada do cliente em seu site/campanha. Assim fica muito mais fácil garantir uma boa eficiência, não é mesmo?

Tudo isso é possível usando as ferramentas certas. Essas ferramentas oferecem diversos dados, como a quantidade de pessoas que visualizam seu site, quanto tempo permaneceu na página, o perfil completo dela, onde mora e também a posição em que seu site se encontra.

São vários os dados que essas plataformas oferecem, tornando tudo ainda mais completo para suas ações de marketing digital para indústria serem ainda mais assertivas.

Um exemplo para essas ações serem mais concretas, é que enquanto você faz um anúncio em uma rádio sobre algum produto ou serviço, por exemplo, é mais difícil identificar e mensurar o quão aproveitável foi o investimento neste anúncio.

Já com o marketing digital, você consegue saber facilmente como foi o resultado investido, se está dando retorno ou não. E com ferramentas como o Google Analytics, você tem todos os dados para analisar e mensurar os detalhes de cada processo.

4. O marketing digital para indústrias garante mais credibilidade

Com todas as ações alinhadas para um objetivo específico, sua empresa ganhará mais credibilidade e autoridade no mercado onde está inserido. Mas nada disso é possível se você não tiver um site institucional relevante, não é mesmo? Sem isso, não tem como você se destacar no meio online.

E é para isso que o marketing digital para indústrias funciona, não só para seu público-alvo, mas também outras pessoas perceberem sua empresa com outros olhos, passando a confiar completamente nela. Isso é credibilidade, é ter um canal de comunicação de qualidade para seus clientes.

5. Custo x benefício 

Muitos empresários podem estar pensando que o custo com o marketing digital é algo que necessita de um alto investimento, mas na verdade não. Por incrível que pareça, o preço para fazer o marketing tradicional acabou se tornando mais caro nos últimos anos, se tornando menos viável o investimento.

Utilizar o marketing digital na sua empresa é muito mais vantajoso e, de longe, mais barato, pode acreditar. Empresas de pequeno à médio porte, são as que mais percebem os resultados lucrativos vindo das ações digitais, pois os valores investidos são acessíveis e trazem resultados relevantes e imediatos para o negócio.

Até mesmo para empresas com verba reduzida para as campanhas, é possível utilizar outras ações como o SEO, com ele você consegue posicionar sua marca e construir sua presença online.

Para aproveitar o custo x benefício do marketing digital para indústrias, suas estratégias precisam ser  muito bem focadas e segmentadas. Com isso, você irá utilizar um investimento menor e atingir mais clientes qualificados.

Então, lembre-se sempre de pensar bem em sua estratégia antes de gastar a verba que você disponibilizou para determinada campanha.

É dessa forma que o marketing digital para indústrias se mostra uma ótima opção para pequenas, médias e também grandes empresas.

6. Atrair mais clientes e oportunidades para sua empresa

Reunindo boas estratégias de marketing digital, como citamos agora, é possível criar um caminho mais curto e eficiente para atrair mais clientes e oportunidades qualificadas para sua empresa.

Todo o planejamento deve ser acompanhado frequentemente para obter os melhores resultados sobre todas as ações que foram elaboradas, também para tomar ações corretivas e ajustar o que não saiu como planejado.

Muitas vezes é errando que se acerta. Não existe uma receita perfeita de como fazer esse processo dar certo, mas alinhando com os objetivos da empresa, esses resultados tendem a serem ainda mais positivos.

Mas o maior poder que envolve essas estratégias, sem dúvidas, é o relacionamento. Isso é o que vai ajudar a impulsionar sua empresa e transformar suas vendas.

7. Na frente dos seus concorrentes 

Investir em marketing digital para indústrias deixará sua empresa na frente do seus concorrentes num piscar de olhos. Sim, é isso mesmo, acredite. Você irá se posicionar muito mais rápido, tornando-se referência no que faz.

8. Direcionamento das ações de marketing 

Todo o direcionamento das ações de marketing estão voltadas no estudo do comportamento das pessoas, com base nisso, são feitas estratégias mais elaboradas e certeiras.

Muitas vezes, a empresa tem um produto ou serviço muito bom em suas mãos, mas não rende resultados. Sabe por quê? Simples, porque comumente esses produtos ou serviços não estão sendo direcionados nas estratégias de marketing digital para indústrias para público certo.

Marketing para indústrias | Direcionamento das ações de marketing  | Agência LABRA

E para fazer isso de maneira mais assertiva, é importante seguir alguns passos:

  • Focar no potencial consumidor;
  • Gerar conteúdos e informações relevantes de acordo com o comportamento do consumidor em foco;
  • Entregar resultados expressivos, que gere um relacionamento e cative seu consumidor.

Mas para que esse direcionamento seja eficiente, você pode fazer algumas perguntas para si mesmo sobre sua empresa, como:

  • Com que você quer se comunicar?
  • Qual o público que você deseja alcançar?
  • O que sua empresa soluciona para o público?
  • Qual é o público-alvo que possui esses problemas?
  • E, quais são as características que definem ele?

O principal motivo dessas perguntas são de criar um personagem, que chamamos no marketing de ‘persona‘, que se comunique e interaja com as estratégias elaboradas.

Fique atento sempre nas dores do seu público, quais são as afinidades, idade, qual o poder aquisitivo, onde ele mora, qual empresa trabalha, quais são seus hábitos, estilo de vida, gênero e tudo que possa induzir em suas decisões e comportamentos na hora de realizar a compra.

9. Personalizar as ofertas

A parte mais interessante do marketing digital, é poder criar campanhas e ofertas de maneira específica para cada público. É importante levar em consideração isso, pois dessa forma, cria-se uma relação de confiança com o cliente. Como isso acontece? Vamos explicar!

Como já citamos nos tópicos acima, a segmentação faz toda a diferença na hora de criar essas ofertas. Dessa forma, da para compreender melhor quais são os gostos e quais preferências de cada indivíduo.

Sendo assim, sua empresa pode criar e investir em campanhas de marketing mais assertivas, com mensagens personalizadas,  conforme o estágio de compra onde ela se encontra.

Dá também para deixar o seu funil de vendas totalmente organizado para otimizar o envio dos conteúdos, conforme cada etapa do estágio de compra, desde a fase de descoberta, até a fase de decisão de compra.

10. Aumenta o faturamento da sua indústria

No Brasil há um enorme crescimento das empresas que usufruem do marketing digital. É considerado um dos métodos mais eficazes no momento, que se adéqua a qualquer modelo de negócio, marca ou projetos.

Aqui na Agência Labra, por exemplo, não medimos esforços quando o assunto é, trazer resultados relevantes para nossos clientes, como é o caso de um de nosso clientes, que você pode conferir neste case de sucesso.

Para você ter ideia, as informações sobre a utilização das estratégias de marketing digital são muito significativas, veja:

Marketing digital para indústrias: Aumenta o faturamento da sua indústria | Agência LABRA

Esses dados só completam o quão importante é implementar estratégias de marketing digital na sua empresa.

Colocando em prática todas essas estratégias 

O primeiro passo ao iniciar com estratégias de marketing digital, é sempre ficar de olho nas oportunidades, saber analisar com cuidado, sem esquecer que os resultados vão aparecendo com aprimoramento ao longo de cada mês, pois não é algo que aparece do dia para a noite, o retorno aparece de maneira mais expressiva com o tempo.

Quanto mais utilizar o marketing digital na sua empresa, mais rápido será seu retorno e mais cedo vai estabelecer uma presença online.

Pretende iniciar uma estratégia de Marketing Digital para sua empresa e quer a garantia de não cometer nenhum erro que prejudique seu investimento? Então leia agora o nosso post sobre os erros de Marketing Digital em que a sua empresa não pode mais cair!

Aprenda a conquistar novos clientes com marketing digital

Aprenda a conquistar novos clientes com marketing digital

O marketing digital tem se consolidado como uma opção efetiva para prospectar e conquistar novos clientes, além de divulgar a sua marca. Mas, mais que isso: é também uma opção de grande valia para fidelizar clientes. Muitos empreendedores, no entanto, se perguntam como atingir tais objetivos.

E é justamente o grande objetivo deste post. Ao longo dos próximos tópicos nós vamos explorar a relevância atual do marketing digital, bem como as principais ações para colher bons resultados e, assim, aumentar o alcance de sua marca.

Confira, e descubra conosco como prospectar clientes com o marketing digital e fidelizá-los posteriormente!

Por que usar o marketing digital?

Com a internet, o comportamento do consumidor foi profundamente transformado. As pessoas têm acesso a informações que antes, só conseguiam na ponta da língua do vendedor bem treinado.

Portanto, o marketing digital surgiu como uma resposta a essa nova demanda: contribuir com dados precisos e que facilitem a tomada de decisão.

Por que usar o marketing digital?

Só a partir dessa premissa já podemos destacar outros motivos para você investir em marketing digital e, assim, conquistar novos clientes:

  • O uso estratégico de campanhas digitais contribui, gradualmente, para a consolidação de sua imagem como referência no seu ramo de mercado;
  • Em vez de correr atrás do consumidor, você distribui conteúdos relevantes, que vão atrair os clientes em potencial;
  • A segmentação do marketing digital é ampla. Ajuda a impactar diretamente a pessoa certa e, no momento exato em que ela estiver mais próxima da decisão de compra;
  • Todas as campanhas podem ser monitoradas em tempo real, bem como as métricas dos seus objetivos. Assim, tudo o que estiver em desacordo com o previsto pode ser modificado, o que valoriza o seu investimento ainda mais;
  • São ações acessíveis e personalizáveis, cabendo tanto no seu orçamento quanto no grau de precisão dos seus objetivos.

Quer dizer: são benefícios que permitem que sejam analisados, com o tempo, a performance de cada campanha. Algo que define aquilo que funciona, o que pode ser descartado e outros insights valiosos para planejar as próximas etapas.

Vale destacar, ainda, que o marketing digital serve para atrair novos clientes e, também, fidelizá-los. Um diferencial e tanto em uma época de elevada concorrência — e, o melhor: com ações focadas tanto no consumidor final quanto para outras empresas, como é o caso do marketing digital para indústrias.

Por isso, se os motivos para começar a investir em marketing digital acenderam a luz do seu interesse, a seguir vamos apontar os caminhos mais produtivos para você prospectar novos clientes!

Como prospectar novos clientes com o marketing digital?

Existem diversas maneiras de atração dentro do marketing digital. Uma das mais populares, é a produção de um conteúdo relevante e alinhado ao perfil de sua persona. É o marketing de conteúdo aplicado em suas páginas digitais para construir e nutrir um relacionamento com o consumidor e clientes em potencial.

Só que essa estratégia pode ser desmembrada em outras ações, como as que veremos a seguir!

Blog corporativo

Além de um site institucional, é importante contar com um blog bem estruturado. Com uma produção consistente, você consegue prospectar clientes por meio de um assunto que ele pesquisa nos mecanismos de busca — como o Google — e é redirecionado ao seu blog.

Ao clicar e ter a sua dúvida sanada, o usuário passa a consumir os conteúdos de seu blog e, consequentemente, a se relacionar com a sua marca. Em seguida, ele cadastra seu e-mail para receber os conteúdos de sua empresa e, assim, você passa a prospectar clientes com o blog.

Redes sociais

Para fidelizar clientes e aumentar o alcance digital de sua marca, as redes sociais possuem elevado poder entre as estratégias de marketing digital. Afinal, por meio dela o consumidor pode engajar com as suas postagens, tirar dúvidas e avaliar os seus serviços ou produtos.

Consequentemente, mais pessoas vão visualizar as suas páginas, conhecer o seu negócio e interagir com o seu atendimento. São ferramentas de relacionamento que podem fazer toda a diferença para divulgar sua empresa e reter os interessados em seus produtos ou serviços.

E-mail marketing

Com o e-mail marketing você consegue prospectar clientes e ter um aliado de peso em suas estratégias de marketing digital. Isso porque você pode usá-lo para:

  • Relacionar-se com o seu consumidor;
  • Nutrir os leads com conteúdos relevantes;
  • Newsletters;
  • Divulgar novidades de sua empresa.

Toda essa versatilidade permite que você use o e-mail marketing da maneira que melhor se adapta às suas necessidades e objetivos.

Materiais ricos

Além dos já citados, o marketing digital também se apoia em outras ações eficazes, como:

  • E-books;
  • Webinars;
  • Infográficos;
  • Checklists;
  • Planilhas;
  • E, vídeos.

Todos eles, quando alinhados ao perfil do seu público-alvo, ganham muito mais poder de conversão e a oportunidade de prospectar clientes de maneira prática, acessível e eficaz.

{E-BOOK} MARKETING INDUSTRIAL COMO GERAR NOVAS VENDAS

Vale destacar, ainda, que o seu site também pode ter a mesma funcionalidade que as outras ações de marketing digital. Para isso, é importante otimizá-lo com técnicas de SEO, aumentando as suas chances de prospectar clientes que buscam por soluções em suas pesquisas on-line.

E, agora que já vimos o que o marketing digital pode fazer pelo desenvolvimento de sua marca, que tal conferir se o seu negócio já está alinhado às boas práticas desse tipo de estratégia? Para isso, acesse a nossa página que oferece uma avaliação gratuita do seu marketing digital! Dessa forma, você vai entender, de maneira personalizada, reais oportunidades de negócio!

Marketing digital nas indústrias: entenda a importância do envolvimento com engenheiros

Marketing digital nas indústrias: entenda a importância do envolvimento com engenheiros

Estamos vivendo a era da indústria 4.0: Uma nova revolução do setor, agora amparada pelo advento tecnológico e digital. Acontece que um nicho tão distinto assim, também necessita de uma qualificação à altura. E, quando falamos do marketing digital nas indústrias, falamos diretamente com os especialistas do setor.

É aí que entra a relevância dos engenheiros nesse processo. Por meio do marketing digital nas indústrias, as empresas se colocam ao alcance do seu público-alvo, mas necessitam de especialistas para traduzirem os seus diferenciais — e manterem a significância dos seus conteúdos — continuamente.

Quer entender como isso funciona na prática? Basta seguir com a leitura deste post!

E-BOOK MARKETING INDUSTRIAL COMO GERAR NOVAS VENDAS

Os engenheiros odeiam o marketing?

O mito adquiriu fama nos últimos anos, e pouco foi feito para desmenti-lo. A verdade é que o marketing digital nas indústrias surge como uma estratégia de atração de clientes em potencial — em contraste, portanto, com as ações tradicionais de marketing.

Logo, o que os engenheiros não desejam é a relação com produções que nada acrescentem às suas rotinas e, tampouco, aos seus conhecimentos. Quando falamos no setor industrial, temos que lembrar que o destinatário das mensagens conhece tanto — ou mais — sobre o assunto do que o interlocutor.

É uma relação diferente, por exemplo, daquela construída entre as empresas e o consumidor final. Nesses casos, o público-alvo pouco conhece das soluções. Muitas vezes, sequer sabem que tem um problema.

Com isso, o marketing digital nas indústrias se distancia desse foco preliminar. As ações devem surtir impacto, apresentar algo novo e dialogar com os engenheiros. Assim, cria-se uma relação profunda de confiança e comprometimento de ambas as partes.

Por que contar com o envolvimento de engenheiros?

Tomando como base o que foi discutido no tópico anterior, dá para entender que o marketing digital nas indústrias não é feito por “aventureiros”: suas ações e planejamento devem ser idealizados por quem entende não apenas de marketing, mas da indústria.

Além disso, um ou mais engenheiros na equipe podem ser o diferencial necessário para impulsionar as estratégias de marketing de múltiplas formas — interna e externamente. Quer ver só? Profissionais do setor têm tudo para fazer a diferença, no setor de marketing, porque:

  • facilita a atração e o relacionamento com profissionais que se identificam com as ideias do engenheiro responsável;

  • promove um conhecimento especializado no assunto, apontando tendências e mais assuntos de interesse a serem aprofundados em suas estratégias de marketing;

  • contribui com uma assessoria especializada, aproximando o marketing da demanda gerada pelo público-alvo;

  • oferece informações técnicas, ajudando na qualificação do seu marketing de conteúdo.

Para o mercado, como um todo, esse tipo de ação diferenciada oferece — aos seus leitores — uma experiência mais personalizada e imersiva. Pense por um instante: você gostaria de dialogar com um especialista ou com quem não entende, profundamente, o seu ramo de atuação? No marketing digital para indústrias não é diferente.

O que os engenheiros querem?

Apontar um problema, ampliar o assunto por meio da discussão de soluções e, enfim, apresentar o problema. Na jornada de compra, que orienta o marketing e guia o consumidor, essa ação cresce quando o diálogo é discutido entre especialistas.

Até por isso, o marketing digital nas indústrias é mais amplo, no que tange a produção de conteúdo, porque pode oferecer vislumbres bastante diversificados para o seu consumidor — e, isso, dentro de um mesmo perfil que se busque impactar.

Veja, abaixo, como o marketing de conteúdo tem sido desenvolvido para aproximar-se mais e mais dos engenheiros:

  • case de soluções promovidas pela sua empresa;

  • depoimentos de clientes, evidenciando o problema enfrentado e os caminhos até a solução desenvolvida;

  • resultados por meio de gráficos, números e relatórios — não há certificação mais eficiente do que a comprovação numérica de que um problema foi resolvido;

  • catálogos digitais que agilizem o avanço na jornada de compra e, consequentemente, guie o seu consumidor à tomada de decisão de compra;

  • fóruns e webinars com a fomentação do diálogo entre interlocutor e o seu público-alvo.

No entanto, vale adiantar o panorama atual do país: muitas indústrias permanecem agarradas à internet 1.0. Ou seja: ainda distante da revolução atual empreendida em outras partes do mundo. 

Dessa maneira, o momento de usar o marketing digital nas indústrias é propício. Afinal de contas, alavanca o setor ao advento digital, consolida as principais estratégias desse segmento produtivo e aproxima os especialistas industriais em uma rede de conhecimento.

Para entender melhor essa diferenciação impactada pelo marketing digital nas indústrias, aproveite para entender — definitivamente — porque as ações são tão diferentes daquelas promovidas pelas ações analógicas. Para tanto, convidamos você a conferir um artigo nosso que explica a diferenciação entre o marketing industrial e o marketing tradicional!

10 redes sociais mais utilizadas no Brasil, conheça!

10 redes sociais mais utilizadas no Brasil, conheça!

Presentes na vida muitas pessoas ao redor do mundo, as redes sociais hoje, são um importante meio para comunicação, informação, relacionamentos e, claro, para o marketing digital.

Você tem noção que passamos uma média diária de quase quatro horas plugado nas redes sociais? O Brasil ficou em segundo no ranking de tempo gasto nesse tipo de entretenimento online, perdendo somente para Filipinas.

E que os brasileiros amam as redes sociais, isso ninguém mais duvida. No último ano, tivemos pelo menos 8 milhões de novos inscritos em redes sociais, segundo o relatório Digital in 2018 do site We Are Social, um aumento de 7% em relação ao período anterior.

No conteúdo de hoje vamos mostrar quais são as mídias sociais preferidas dos brasileiros. Confira!

Baixe nosso infográfico gratuitamente e descubra quanto tempo dura a vida útil de um post nas redes sociais

1. A primeira rede social, Facebook:

São mais de 2 bilhões de usuários — sendo que 130 milhões estão no Brasil —, o Facebook conquistou o posto de rede social mais popular do mundo em por volta de 2008 e começou a ser destaque no Brasil em 2012.

O Facebook é uma rede social versátil e abrangente, pois engloba muitas funcionalidades no mesmo lugar. Funciona tanto para gerar novos negócios, quanto para conhecer outras pessoas do mundo, relacionar-se com amigos e família, informar-se, entre outras funções.

É por isso que, para empresas que investem em Marketing Digital, é praticamente impossível não estar no Facebook.

A rede social estourou no mercado interno com a possibilidade de transição tanto para perfis pessoais quanto para empresariais, além de uma maior comodidade de interação para qualquer nicho apresentado, valorizando o conteúdo e performance independente do meio pela qual se conecta.

2. WhatsApp:

Já parou para pensar que mais da metade da população brasileira está presente no WhatsApp?

São 120 milhões de usuários no país. O WhatsApp é a rede social de mensagens instantâneas mais popular entre os brasileiros.

Já foi até apelidada de “Zap Zap” pelos brasileiros e, diferente do que muitos pensam hoje ela tem representatividade comercial também.

De acordo com a empresa, 55 bilhões de mensagens são enviadas por dia no aplicativo. O WhatsApp já tem 1 bilhão de usuários ativos por dia no mundo todo, comenta o site G1, da Globo.

O aplicativo esteve no centro de muitos debates nas eleições de 2018, já que é muito usado para compartilhamento de informações em conversas pessoais ou em grupos. Essa característica, aliás, faz com o “Whats” seja considerado uma rede social.

3. Youtube:

Quem nunca assistiu um vídeo qualquer no Youtube, seja para procurar uma receita, ou para ver algum clipe de música?

De acordo com o a imprensa do próprio YouTube, essa rede social que hoje já possui um alcance global com mais de 1,9 bilhão de usuários conectados ao YouTube acessam a plataforma todos os meses. Diariamente, as pessoas assistem mais de um bilhão de horas de vídeo e geram bilhões de visualizações.

Hoje, é a maior plataforma de vídeos do mundo é usada para acompanhar programas dos mais variados segmentos, escutar músicas, acompanhar os YouTubers e, claro, fazer marketing!

O site foi fundado em 2005 por Chad Hurley, Steve Chen e Jawed Karim. O sucesso meteórico fez com que a plataforma fosse adquirida pelo Google no ano seguinte, em 2006, por 1,65 bilhões de dólares.

Como o YouTube está cada vez mais consolidado pelo público, vale muito a pena pensar em investir nesta ferramenta.

4. Instagram:

Chegamos a rede social mais queridinha do momento, o Instagram. Essa rede já possui mais de 1 bilhão de usuários ativos por mês.

O Instagram foi uma das primeiras redes sociais exclusivas de acesso por meio do celular e, por mais que hoje seja possível visualizar publicações no desktop, seu formato continua sendo voltado para dispositivos móveis.

É uma rede social de compartilhamento de fotos e vídeos entre usuários, com a possibilidade de aplicação de filtros e outras edições.

Além disso, apresenta desde sua criação em 2012 várias alterações e melhorias foram elaboradas, como a proporção das fotos, formato das publicações em vídeos, os amados stories, filtros e, entre outros.

Falando em stories, o formato tem se tornado uma grande aposta de empresas, marcas e profissionais, como uso no marketing, já que é possível realizar vários posts por ali,  com diversas interações como: perguntas, enquetes, vídeos em sequência e o uso de GIFS.

O uso do Instagram está cada vez mais frequente, por ser algo mais “íntimo”, para mostrar os conteúdos em forma visual, de bastidores e, humanizar a marca.

5. Linkedin:

Uma rede social focada no seu profissional. Isso é o Linkedin. Com  mais de 500 milhões de usuários pelo mundo, sendo  45 milhões brasileiros, a plataforma possibilita contatos profissionais — ou seja, em vez de amigos, temos conexões, e em vez de páginas, temos companhias.

Outro grande diferencial são as comunidades, que reúnem interessados em algum tema, profissão ou mercado específicos.

E diferente dos que muitos acham, faz todo sentido posicionar sua marca por lá, principalmente quando falamos em marcas B2B, focadas em um aspecto mais business.

O LinkedIn possui um grande diferencial  e potencial estratégico no posicionamento de empresas nas redes sociais, no networking entre profissionais de diversas áreas e, no employer branding, atraindo mais potenciais colaboradores para a empresa.

6. Twitter:

O Twitter foi criado em 2006 mas, atingiu seu auge em 2009 e, de lá para cá, está em declínio, mas isso não quer dizer que não temos público nesta rede social. Atualmente, são 500 milhões de usuários ativos em todo o mundo.

A rede social fez, e ainda faz barulho por conta do seu uso por políticos, que divulgam informações em primeira mão por ali.

Para quem gosta de ficar antenado nas notícias e quem saber tudo com antecedência, o Twitter é a rede social mais indicada. Além disso, o Twitter pode ser fonte de Leads e vendas para o seu negócio.

O Twitter ainda pode ser valioso para ações de marketing digital e, quando bem usado, pode ser um canal extra de aquisição e branding para sua marca.

7. Facebook Messenger:

O Messenger é a ferramenta de mensagens instantâneas do Facebook. Foi incorporada ao Facebook em 2011 e separada da plataforma em 2016.

Atingiu o número de 1,3 bilhão de usuários mensais, comparando-se ao WhatsApp, o aplicativo só deslanchou quando o Facebook mobile passou a exigir o download do Messenger para usar o chat.

Para empresas, o Messenger possui alguns recursos interessantes, como bots e respostas inteligentes, além da integração como canal de comunicação para marcas.

8. Pinterest:

Com mais de 200 milhões de usuários no mundo todo, o Pinterest vem crescendo no Brasil.  É a rede social de fotos que traz o conceito de “mural de referências”.

Os temas mais populares são: moda, maquiagem, casamento, gastronomia, arquitetura, faça você mesmo, gadgets, viagem e design. Seu público é majoritariamente feminino em todo o mundo.

Entretanto, apenas 8,5% das empresas do país estão ativas por lá. Utilizar os benefícios dessa rede social pode se tornar um grande diferencial para sua empresa, especialmente para aquelas que tem um negócio voltado para o visual, como moda ou arquitetura.

Em sua empresa, você não precisa criar pastas somente com conteúdo próprio. Selecione imagens que tenham a alma da sua marca, ajudem na construção dela e possam ser uma porta de entrada para o usuário chegar até você. Que tal dar uma chance a essa rede social?

9. Google +

A rede social do Google acabou não se popularizando como o planejado.  O Google vincula contas do Gmail no momento e faz algumas exigências que demandam o uso do Google+. Porém, 90% das pessoas nunca chegou a utilizar essa ferramenta, nem com apenas um post.

Alguns segmentos são mais populares dentro do Google Plus+. A dica é procurar uma comunidade do seu interesse que esteja ativa, e a partir daí, montar o seu círculo de amizade focado nos usuários participantes.

10. Snapchat:

O Snapchat é um aplicativo de compartilhamento de fotos, vídeos e texto para mobile. Traz como proposta  conteúdos instantâneos conhecidos como snaps, que desaparecem algumas horas após a publicação.

Apesar de contar hoje com 200 milhões de usuários em todo o mundo e ter sido uma das redes  sociais de maior destaque dos últimos tempos, o Snapchat vem perdendo sua popularidade para o Instagram Stories. O que não era de se esperar, não é mesmo?

O Snap não é uma rede nichada, tem um público bem específico, formado por jovens bem conectados. Por isso, analise o perfil do seu público-alvo e o comportamento dele, pois pode ser que o Snapchat seja uma ótima alternativa para sua estratégia de marketing. Vai depender muito do que você faz e o que você buscar dentro da sua empresa.

Gostou deste conteúdo? então não deixe de conferir nosso infográfico sobre a durabilidade das postagens nas mídias sociais

Baixe nosso e-book exclusivo de Marketing Digital para Pequenas e Médias Empresas

Pin It on Pinterest