A importância do CRM para o departamento de vendas

A importância do CRM para o departamento de vendas

A tecnologia e a integração de novos sistemas são elementos que podem auxiliar na criação de ações estratégicas e na aplicação de diferenciais competitivos. No entanto, isso deve ser feito por meio da coleta de informações da clientela e pesquisas mercadológicas. Nesse sentido, uma ótima alternativa é adotar um sistema CRM, que tem como objetivo a gestão do relacionamento com o cliente. 

Dessa forma, é possível analisar o engajamento do negócio, o perfil dos consumidores, o volume de interações e dados qualitativos. 

Além disso, a aplicação do CRM em qualquer modelo de negócio permite que as empresas estudem melhor as necessidades e interesses de um cliente ou potencial cliente, facilitando o processo de relacionamento e, principalmente, a assertividade das ações de vendas. 

Pensando nisso, preparamos este artigo com o objetivo de mostrar a você, o que é um sistema CRM e como ele pode ser benéfico para o seu negócio. Agora vamos te mostrar 4 vantagens dessa ferramenta para o seu departamento de vendas. Confira!

Mas, afinal, o que é o sistema CRM?

O sistema CRM (Customer Relationship Management) é um software de gestão que tem como objetivo manter um relacionamento próximo e efetivo com o consumidor, de forma a conseguir fidelizar e transformar os clientes em disseminadores da marca. 

Em resumo, o CRM é uma estratégia de negócios em que o foco é conhecer profundamente os clientes para identificar as suas principais necessidades e surpreendê-los positivamente, oferecendo produtos e serviços que atinjam as expectativas.  

Portanto, o CRM envolve uma série de características e estratégias de relacionamento. Vamos mencionar as principais: 

  • Centralizar o cadastro dos clientes;
  • Realizar a balança digital comercial;
  • Lembrar de entrar em contato com os consumidores;
  • Identificar as melhores oportunidades de negócio;
  • Conhecer o cliente profundamente, bem como suas preferências de compra; 
  • Analisar os melhores canais de comunicação;
  • Segmentar o público-alvo;
  • Padronizar o atendimento e suporte.

Como você pode perceber, a função do CRM é auxiliar as empresas a conhecerem os seus clientes, manter um relacionamento próximo e atender às suas necessidades. Contudo, as vantagens não param por aí. Veja a seguir! 

checklist processo de vendas - A importância do CRM para o departamento de vendas

Por que investir em um CRM? 

O mercado competitivo exige que as práticas e estratégias estejam voltadas para a satisfação dos clientes, não é mesmo? Pois bem, essa é a primeira razão para investir em um sistema CRM. 

Dito isto, é importante entender mais a fundo como o sistema CRM pode ser benéfico para o seu time de vendas. Acompanhe: 

1. Dados em um único espaço

A primeira razão para investir em um software CRM é que ele permite centralizar dados e informações dos clientes em um único espaço. O sistema interno, por exemplo, auxilia (e muito) o desenvolvimento de estratégias de marketing e vendas

Em resumo, o armazenamento de informações contribui para que a empresa mantenha contato constante com o consumidor, para que ela se mostre sempre presente na vida do cliente e, principalmente, em seu processo de compra. Isso vale até para áreas específicas, como detector de gás.

Além disso, com a integração desses dados, a companhia está pronta para atender o cliente e tratá-lo com exclusividade, de modo que ele se sinta valorizado e especial. Vale destacar que essa é a melhor opção para construir um bom relacionamento entre as partes.

2. Otimização do processo de vendas

Não restam dúvidas: a ferramenta também contribui significativamente com a automatização do processo de vendas. Afinal, o profissional já tem em mente todas as informações necessárias, oferecendo assim, um atendimento personalizado. 

Dessa forma, é possível controlar todas as etapas presentes no processo de vendas, de modo que tudo ocorra como planejado. Aliás, vale mencionar que o CRM torna o atendimento mais prático, rápido e eficiente. 

3. Tomada de decisões 

Com a utilização da ferramenta, o responsável pelo departamento comercial consegue tomar decisões com mais facilidade, uma vez que as informações coletadas auxiliam na criação de estratégias e ações de vendas. 

Nesse sentido, as informações são aplicadas com o intuito de alinhar todas as equipes em um único objetivo, permitindo que a ação seja feita de forma certeira e eliminando dados hipotéticos e, consequentemente, achismos.  

Portanto, o interesse do cliente durante o processo de compras depende exclusivamente da tomada de decisões. É isso que vai determinar quantas conversas serão necessárias para que o cliente concretize a compra, mesmo produtos limitados, como carrinho plataforma.

Além do mais, o sistema CRM aponta quando o colaborador deve avançar uma etapa de venda e quando está definitivamente pronto para efetuá-la. Ou seja, o software é extremamente útil para identificar o melhor momento de agir. 

4. Bom relacionamento

Por fim, de fato o CRM contribui, principalmente, com a construção de um bom relacionamento entre cliente e marca. Afinal, quanto mais a empresa converse com o público, maiores são as chances de gerar uma relação contínua.

Portanto, o CRM é, sem dúvida, um grande aliado para as empresas, principalmente no segmento de marketing e vendas, visto que atua diretamente na gestão de relacionamento e resultados.  

Para conferir mais conteúdos relacionados a marketing e vendas, acesse o nosso blog

 

A importância do Marketing Digital nas indústrias

A importância do Marketing Digital nas indústrias

A sua empresa consegue compreender, assertivamente, todas as exigências e demandas do seu público-alvo? O marketing digital nas indústrias é uma das estratégias que mais possibilitam isso atualmente, porém, ainda parece ser um assunto distante ou pouco trabalhado por boa parte dos gestores do setor produtivo.

E no caso de seu negócio? Será que a atuação digital da sua empresa tem gerado resultados realmente positivos ou você percebe que suas estratégias ainda deixam a desejar? E se suas campanhas fosses especificamente focadas em marketing digital para indústrias?

Pensando justamente nessas lacunas e desafios do setor em relação às estratégias digitais, preparamos um post exclusivo só para abordar os diferenciais do marketing para indústrias.

Quer conferir e colocar as dicas em prática? Então, leia até o final e depois nos conte os resultados. Vamos lá?

Ebook As melhores estratégias de Inbound Marketing - A importância do Marketing Digital nas indústrias

Por que investir em marketing digital? 

Não é mais novidade que a presença digital é de suma relevância para o desenvolvimento de qualquer negócio nos dias de hoje. Afinal, é onde seu público está concentrado e onde você pode encontrar as melhores oportunidades de desenvolver a sua empresa – seja atraindo mais clientes, ampliando a sua marca ou mesmo para aumentar as vendas por meio do seu site.

No entanto, essa estratégia não se resume apenas a empresa estar presente nas redes. É preciso foco, direcionamento e, principalmente, especialização nas técnicas e métodos a serem trabalhados, justamente para que as ações não se tornem só conteúdos irrelevantes e com baixa taxa de conversão.

Com isso, o marketing digital para indústrias (ou, simplesmente, marketing industrial) pode servir para abrir esse caminho até então, desafiador. Com pleno conhecimento de seus objetivos e de quem é o seu público-alvo, fica fácil atender a necessidade do seu consumidor.

E esse é, afinal, o grande trunfo do marketing industrial: a construção de estratégias para enviar a mensagem certa, no momento certo e para a pessoa certa. Assim, quando o seu cliente em potencial procurar por algo na internet, você já terá a resposta para ele.

O que é marketing industrial na prática? 

Como bem vimos, hoje, o marketing digital é um conceito extremamente amplo e, para se obter resultados reais, as empresas precisam buscar por soluções especializadas. Ou seja, se a sua empresa já trabalha com estratégias digitais, mas não vê o resultado previsto, é muito provável que haja um gargalo de direcionamento e especialização nas estratégias.

Nesse contexto, o marketing industrial tem o foco de construir a reputação da sua marca, digitalmente, e facilitar o poder de atração, retenção e fidelização de clientes, direcionando todas as estratégias às reais necessidades desse mercado.

Marketing Industrial 3 - A importância do Marketing Digital nas indústrias

Na prática, a principal diferenciação do marketing digital nas indústrias está na forma de relacionar-se com o seu público-alvo. Uma vez que o marketing digital tende a focar no público final (o consumidor), o marketing industrial é mais focado em outros empreendedores. Pessoas cujos desafios consistem em soluções para a manutenção de suas próprias empresas.

Para isso, são usadas as mesmas tecnologias e estratégias similares. A questão, no caso do marketing digital para indústrias, está na persona e no modo de abordar, despertar o interesse — e nutri-lo — para acompanhar o seu cliente em potencial ao longo de toda a sua jornada de compra.

Por que investir em marketing digital industrial? 

Assim como o marketing digital, o marketing industrial oferece um elevado ROI (Retorno sobre o Investimento) para a sua empresa.

Só que, como destacado, o perfil do seu público difere do consumidor final. Com isso, as ações de divulgação e relacionamento devem ser pensadas em números e resultados para uma performance mais assertiva da empresa.

Não basta, portanto, construir interesses subliminares. A objetividade palpável — com resultados concretos — seduzem mais o seu consumidor em potencial.

Quer um exemplo disso? Aqui, na Agência Labra, construímos um case de sucesso com a Engecass, que investiu em estratégias exclusivas de marketing digital para indústrias. Como resultado, obteve um aumento de 625% no tráfego do site, 500% mais oportunidades geradas e um volume de 12% a mais nas vendas. Esses números só crescem a cada mês que passa e não e à toa de que a parceira tem rendido bons frutos para a empresa!

Qual é a importância de investir em uma agência especializada em marketing industrial?

Ninguém duvida mais do poder do marketing digital para as empresas, mas você sabia que ainda hoje, cerca de 50% dos negócios brasileiros têm dificuldades em obter resultados com suas estratégias online?

Pois é, isso reforça exatamente o que falamos até aqui sobre o diferencial de um trabalho especializado e direcionado ao seu setor. O marketing digital nas indústrias surgiu, exclusivamente, para atender às necessidades e especificidades de um público, no qual os métodos e práticas convencionais não conseguiam atender e muito menos gerar resultados reais.

Apesar disso, o que mais existe são empresas insistindo em agências e estratégias sem especialização e o resultado é quase que unânime: baixa taxa de conversão, conteúdos rasos, ações de pouca relevância, e o mais grave, investimentos sem retorno.

Portanto, marketing digital nas indústrias precisa ser, exclusivamente, baseado em estratégias e métodos de marketing industrial. Caso contrário, sua empresa será apenas mais uma nas redes!

O auxílio de uma empresa especializada em marketing digital para indústrias torna essa escolha de ações mais assertiva e direcionada em interagir com o seu público-alvo, atuando sempre com embasamento técnico, conhecimento prático do setor e direcionamento estratégico para cada área de atuação.

Vale lembrar também, que marketing digital nas indústrias demanda tempo para realização das ações, planejamento e execução, assim como, necessita de um “feeling” para saber se o que está sendo realizado realmente vale a pena.

Por que investir em marketing digital industrial?

Assim como o marketing digital, o marketing industrial oferece um elevado ROI (Retorno sobre o Investimento) para a sua empresa.

Só que, como destacado, o perfil do seu público difere do consumidor final. Com isso, as ações de divulgação e relacionamento devem ser pensadas em números e resultados para uma performance mais assertiva da empresa.

Não basta, portanto, construir interesses subliminares. A objetividade palpável — com resultados concretos — seduzem mais o seu consumidor em potencial.

Quer um exemplo disso? Aqui, na Agência Labra, construímos um case de sucesso com a Engecass, que investiu em estratégias exclusivas de marketing digital para indústrias. Como resultado, obteve um aumento de 625% no tráfego do site, 500% mais oportunidades geradas e um volume de 12% a mais nas vendas. Esses números só crescem a cada mês que passa e não e à toa de que a parceira tem rendido bons frutos para a empresa!

Qual é a importância de investir em uma agência especializada em marketing industrial?

Ninguém duvida mais do poder do marketing digital para as empresas, mas você sabia que ainda hoje, cerca de 50% dos negócios brasileiros têm dificuldades em obter resultados com suas estratégias online?

Pois é, isso reforça exatamente o que falamos até aqui sobre o diferencial de um trabalho especializado e direcionado ao seu setor. O marketing digital nas indústrias surgiu, exclusivamente, para atender às necessidades e especificidades de um público, no qual os métodos e práticas convencionais não conseguiam atender e muito menos gerar resultados reais.

Apesar disso, o que mais existe são empresas insistindo em agências e estratégias sem especialização e o resultado é quase que unânime: baixa taxa de conversão, conteúdos rasos, ações de pouca relevância, e o mais grave, investimentos sem retorno.

Portanto, marketing digital nas indústrias precisa ser, exclusivamente, baseado em estratégias e métodos de marketing industrial. Caso contrário, sua empresa será apenas mais uma nas redes!

O auxílio de uma empresa especializada em marketing digital para indústrias torna essa escolha de ações mais assertiva e direcionada em interagir com o seu público-alvo, atuando sempre com embasamento técnico, conhecimento prático do setor e direcionamento estratégico para cada área de atuação.

Vale lembrar também, que marketing digital nas indústrias demanda tempo para realização das ações, planejamento e execução, assim como, necessita de um “feeling” para saber se o que está sendo realizado realmente vale a pena.

Marketing para indústrias - A importância do Marketing Digital nas indústrias

Vendas na indústria: como criar formas alternativas em momentos de crise?

Vendas na indústria: como criar formas alternativas em momentos de crise?

Inúmeros segmentos de mercado, principalmente tecnologia já estão há anos trabalhando a transformação digital e reinventando as formas de vender, mas a maioria das vendas da indústria ainda estão ocorrendo de formas tradicionais. Agora, com a pandemia que estamos vivenciando, muitas indústrias sofreram grandes impactos em vendas e faturamento.

Mas sempre há tempo para mudanças, e geralmente em meio ao caos é que surgem grandes ideias. Pois, agora, mais do que nunca, as indústrias precisarão reinventar suas formas de vender.

O que mudará na forma de vendas na indústria?

Após passar toda esta pandemia, muita coisa não voltará mais a ser como era antes, principalmente a comunicação pelos meios digitais, e também a industrialização no Brasil, a qual terá um grande crescimento devido a algumas restrições em relação a importações.

Portanto, mais do que nunca chegou a hora das indústrias realmente realizarem uma boa transformação digital, principalmente nos times de marketing e vendas, que precisarão saber usar os meios disponíveis para continuarem vendendo. Abrir novos mercados e novos clientes e, principalmente estarem super alinhados e interligados.

As indústrias que já estavam usando os meios digitais para atuar comercialmente, também foram impactadas com redução nas vendas, mas com certeza ainda conseguiram manter boa parte da receita, justamente por estarem atuando fortemente com os canais digitais em prol de trazerem novas oportunidades de negócios para os times de vendas internos. 

Times estes que já estavam realizando vendas via telefone, whatsapp entre outros meios, e indo trabalhar de forma remota (home office) conseguiram, mesmo assim, manter a maior parte das vendas.

vendas na industria home office - Vendas na indústria: como criar formas alternativas em momentos de crise?

Já as indústrias que ainda não haviam se preparado para adaptar o comercial para os meios digitais, aquelas que ainda dependiam exclusivamente de vendedores ou representantes indo de porta em porta nos clientes, estas tiveram um impacto muito maior na redução das vendas.

Por onde começar esta transformação nas indústrias?

O primeiro setor que deverá se transformar é o Marketing, onde o mesmo deverá inserir a empresa nos meios digitais, e fazer um bom trabalho para que a indústria tenha uma boa presença digital. 

Mas quando falamos em presença digital, não é apenas criar contas e fazer postagens em redes sociais, vai muito além disso. Segue abaixo todos os canais digitais que devem ser focados:

  1. Um website institucional com conteúdo, boa performance e com SEO bem feito;
  2. Um blog para a publicação de conteúdo relacionado às dores do seu segmento, também com SEO bem feito para ranqueamento;
  3. Bons materiais de conversão para captação de leads;
  4. Boas páginas de conversão para captar leads e oportunidades de negócio;
  5. Um bom trabalho de automação, nutrição e relacionamento com a base de contatos (clientes e novos leads);
  6. Um bom trabalho orgânico para que todos ou a maioria dos seus produtos estejam posicionados na primeira página do Google, sem ser anúncios pagos;
  7. Uma atuação excelente em mídias pagas, como Google Ads, Redes Sociais Ads e Remarketing;
  8. Uma boa ferramenta para atendimento via WhatsApp integrada com o marketing;
  9. E também um foco em link building, com outros canais de referência do seu segmento para ajudar a trazer tráfego qualificado.

Existem ainda diversos outros meios para se atuar de forma digital, mas estes são os principais canais, os que melhor performam para as indústrias.

Após todo este trabalho de Marketing Digital em prática, precisamos ir para o time comercial, para implementar um bom CRM comercial, integrado com as ferramentas de automação de marketing, para termos uma boa rapidez, objetividade e eficácia com as novas oportunidades comerciais que chegaram.

No setor comercial, além de implementar boas ferramentas, é extremamente necessário um trabalho para organizar, treinar e acompanhar o time comercial, para que as metas e a performance desejada sejam alcançados. 

vendas na industria metas - Vendas na indústria: como criar formas alternativas em momentos de crise?

Se isso não for feito, de nada adiantará um bom trabalho de marketing digital para atrair novos clientes e muito menos boas ferramentas comerciais, você literalmente estará jogando dinheiro fora.

Após se ter os setores de marketing x vendas trabalhando interligados e transformados digitalmente, é possível ainda, levar esta transformação a outros setores da indústria, que vão desde um pós-vendas, assistência técnica, recursos humanos, entre outros.

E quando começar esta transformação nas indústrias?

O mais rápido possível, pois como citamos no início, o Brasil terá um bom crescimento em industrialização pós-pandemia, e também muita coisa que se transformou durante este período que não voltará mais a ser como era antes.

Portanto se sua indústria ainda não deu o pontapé inicial para esta transformação, ela já está em desvantagem perante a outros concorrentes diretos do seu segmento que já estão ganhando o seu espaço. 

E falando em espaço, uma das grandes vantagens de um bom trabalho de Marketing Digital alinhado com o time de vendas, é que independente do tamanho da sua indústria você terá o mesmo espaço no mercado.

Se precisar de uma ajuda para iniciar ou dar um bom andamento ao que já foi iniciado, mas que não esteja tendo resultado, a LABRA como agência especializada em indústrias se coloca a disposição para auxiliar neste processo.

Ebook As melhores estratégias de Inbound Marketing - Vendas na indústria: como criar formas alternativas em momentos de crise?

Saiba a importância do marketing digital em momentos de crise

Saiba a importância do marketing digital em momentos de crise

A pandemia causada pelo novo coronavírus (Covid-19) gerou inúmeros impactos negativos na economia do país. Além disso, estima-se que os efeitos no âmbito econômico perdurem, ao menos, por mais alguns meses. Em situações emblemáticas e de recessão, muitos empreendedores, gestores e líderes não sabem como agir em relação ao investimento em marketing digital, e acabam suspendendo as ações de marketing e crescimento. 

No entanto, essa ação pode resultar em grandes falhas, uma vez que o marketing digital proporciona mais visibilidade para marca e auxilia a captar novos clientes. Diante desse cenário, é imprescindível se perguntar: qual a importância do marketing digital na crise?

Para responder a essas e outras perguntas, preparamos este post com o objetivo de mostrar a você, empreendedor, a importância do marketing digital em momentos de crise. Ficou interessado? Continue lendo!

Por que o marketing digital é importante durante uma crise?

Como mencionamos anteriormente, o marketing digital é uma ferramenta poderosa para auxiliar uma organização a contornar a crise. Afinal, com a sua utilização de forma correta, é possível divulgar produtos e consolidar serviços. Acompanhe: 

1. Segurança e conforto

O consumidor está cada vez mais exigente e, com isso, passou a valorizar mais a segurança e o conforto. 

Dessa forma, o consumidor tende a se adaptar ao meio online para realizar compras pela internet, uma vez que os processos são mais simplificados e não há necessidade de se deslocar para encontrar um produto simples, como uma resina epóxi

2. Interação 

Os canais digitais são ótimas alternativas para estreitar o relacionamento com o cliente e criar uma interação maior com o público-alvo. Isso é possível por meio de sites, blogs, redes sociais, entre outras opções. 

A interação por meio digital é fundamental para criar uma identidade para a marca, torná-la conhecida e fazer com que ela seja lembrada, ainda que o segmento seja específico, como um varejo de porta contra incêndio

3. Aumento das compras online

Como citamos acima, os consumidores estão cada vez mais integrando o conforto durante o seu processo de compras. Por isso, a tendência é que o número de compras online aumentem significativamente nos próximos meses. 

Portanto, é imprescindível elaborar um planejamento de vendas online, proporcionar uma boa experiência de navegação ao consumidor e, consequentemente, aumentar o número de vendas. 

e book display - Saiba a importância do marketing digital em momentos de crise

4. Inovação 

A inovação faz parte da realidade de toda corporação. Além disso, principalmente em momentos de crise, ela auxilia a criar um diferencial competitivo e expandir as chances de negócios. 

Por exemplo, vamos imaginar que você tem um restaurante e nunca atendeu com etiqueta código de barras. Dessa forma, é preciso que essa informação seja clara e transmitida diariamente para os consumidores. 

Uma boa dica é investir nas plataformas digitais, como o Facebook, Instagram e Twitter. Vale apostar na criação de conteúdo relevante, imagens ou até mesmo vídeos simples para prender a atenção do leitor. 

Conclusão 

Não restam dúvidas: as empresas que desejam contornar a crise precisam investir em marketing digital. 

Portanto, crie um bom planejamento, ótimas estratégias e adote ações eficientes, de forma que os consumidores se criem um interesse genuíno pela marca e, claro, voltem a comprar novamente. 

Gostou desse conteúdo? Leia também o nosso artigo sobre como as indústrias podem se restabelecer com o auxilio do marketing digital após a crise do coronavírus.

Indústrias têxteis no Brasil: perspectivas para 2020

Indústrias têxteis no Brasil: perspectivas para 2020

Por conta das incertezas econômicas e de toda a crise humanitária causada pela recente pandemia, as perspectivas para 2020 das indústrias têxteis no Brasil ainda são incalculáveis.

No entanto, o que temos mensurado até o momento, são alguns desses impactos diretos da crise no setor e também bons exemplos de estratégias adotadas por algumas empresas nacionais, com o intuito de “driblarem” esse período de dificuldades.

Quer entender melhor até onde as indústrias têxteis foram impactadas pela pandemia e como o setor prevê uma possível retomada no futuro? Então, continue a leitura até o final e não se esqueça de tomar nota das dicas. Vamos lá!

Como foi o mercado para as indústrias têxteis nos últimos anos?

Até meados do ano passado, as perspectivas para 2020 nas indústrias têxteis do Brasil eram as mais otimistas, como bem destaca um levantamento da Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção — Abit. De acordo com o estudo, as previsões apontavam para uma retomada da produção nacional, assim como para o aumento da geração de empregos.

No mesmo ano, Fernando Pimentel, presidente da Abit, chegou a orientar os empreendedores a respeito das projeções otimistas para o setor:

“Os projetos para impulsionar o setor previstos para o ano que vem e a possibilidade de aprovação de reformas no campo tributário apontam para um ano de retomada da confiança e de emprego e equilíbrio das contas públicas”. 

Esse cenário realmente se consolidou! Segundo uma nova pesquisa da associação, as produções do setor cresceram 51% em novembro de 2019, em relação ao mesmo período em 2018.

industrias texteis no brasil perspectivas para 2020 1 - Indústrias têxteis no Brasil: perspectivas para 2020

Fonte: ABIT

Tudo apontava para uma excelente perspectiva para 2020 nas indústrias têxteis, até que o mundo inteiro foi pego de surpresa com a maior pandemia da história recente e as previsões mudaram de uma hora para outra.

Quais são os impactos da pandemia nas indústrias têxteis?

Talvez ainda seja cedo para mensurar, de fato, todos os impactos da pandemia nas indústrias têxteis no Brasil. No entanto, estimativas apontam que, pelo menos, 97% de todo o setor nacional já tenham sentido as consequências da crise.

Além disso, uma das principais perspectivas para 2020 nas indústrias têxteis era a de surgir novos estímulos para a obtenção de crédito. Porém, com o avanço da pandemia e com a reformulação emergencial dos planos econômicos do governo, especialistas do setor não acreditam mais nessa possibilidade, pelo menos em curto prazo.

Há previsões positivas para a indústria têxtil em 2020?

As perspectivas para 2020 nas indústrias têxteis podem não ser exatamente as mesmas previstas antes da pandemia, mas apesar de toda a crise, há sim uma luz no final do túnel.

A consultadora no Senai Cetiqt, Michelle de Souza, acredita que os impactos da pandemia no setor podem proporcionar uma nova revolução das tecnologias 4.0 nas indústrias têxteis, o que ajudaria a enxugar diversos custos e reduzir os riscos de paralisação por conta da doença.

Ela ainda reforça: “A ideia é ter tecnologia suficiente no parque produtivo, para que a direção não precise estar lá ‘full time’ (o tempo todo)”.

Além disso, as estratégias para enfrentar, ou até mesmo, reverter os impactos da pandemia nas indústrias têxteis não param por aí. Com a necessidade do isolamento social, muitos hábitos de consumo também têm se transformado durante este período e a participação online das empresas tem aumentado consideravelmente por conta disso.

Uma excelente oportunidade de adaptação ou reinvenção na abordagem e venda pela internet, como têm aproveitado diversos empreendimentos de diferentes setores.

Indústrias têxteis - Indústrias têxteis no Brasil: perspectivas para 2020

Quais são os desafios para cumprir as perspectivas para 2020 nas indústrias têxteis?

Além de todos os desafios que já eram previstos para 2020, como a mudança de crédito, aumento das produções de algodão nas lavouras, otimização do comércio exterior e da geração de novos empregos, as indústrias têxteis têm mais uma etapa a vencer no ano: a de se reinventarem durante o período de pandemia.

E como isso pode ser feito? Como bem vimos ao longo do artigo, apesar da crise, oportunidades devem surgir e a necessidade de adaptação e inovação se faz mais do que necessária nesse momento de turbulência.

Entre todas as infinitas possibilidades, indiscutivelmente, a que mais se destaca é a de uma “revolução” tecnológica nas indústrias têxteis e isso deve começar agora.

Com isso, é imprescindível que os empreendimentos comecem a rever os seguintes fatores:

  • Investimento em novas tecnologias de gestão;

  • Automatização das linhas de produção;

  • Aumento da participação online não somente no e-commerce, mas em todas as áreas do marketing;

  • Reformulação das estratégias online (comunicação, vendas, inbound marketing etc.).

Em resumo, essas são algumas das novas perspectivas para 2020 nas indústrias têxteis no Brasil, tendo em vista toda a mudança recente nas previsões e expectativas de especialistas, por conta da inesperada pandemia de Coronavírus.

Porém, vale ressaltar que, apesar dos pesares, o setor têxtil tem pela frente algo muito além de um desafio, mas também se vê com uma grande oportunidade de se reinventar e sofrer uma verdadeira revolução 4.0.

Se você quer saber mais como cumprir todas essas perspectivas nas indústrias têxteis e começar essa nova “revolução” na prática, não deixe de ler também nosso próximo post e saiba tudo sobre o Marketing 4.0 aplicado ao setor de produção e como aumentar suas vendas com essas estratégias.

case haco - Indústrias têxteis no Brasil: perspectivas para 2020

Pin It on Pinterest